PORQUE EU SEI QUE EXISTE UM DEUS


"Portanto, lembrem-se de que anteriormente vocês eram gentios por nascimento e chamados incircuncisão pelos que se chamam circuncisão, feita no corpo por mãos humanas, e que naquela época vocês estavam sem Cristo, separados da comunidade de Israel, sendo estrangeiros quanto às alianças da promessa, sem esperança e sem Deus no mundo. Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo."
                                             Efésios. 2: 11-13 (NVI)
Nestas palavras para os cristãos de Éfeso são duas das palavras mais temidas, "sem esperança". Um médico fica ao lado da cama de um homem doente. Ansiosamente, a família aguarda o veredicto, mas ele diz: "Não há esperança". Essas são palavras tristes quando se fala de circunstâncias humanas. Mas eles são ainda mais escuros como são usados ​​neste texto das escrituras. Muito melhor para o homem ficar sem mais nada neste mundo do que estar sem esperança para uma vida futura. Sem esperança, a prosperidade é muito pequena. Luta não tem significado ou propósito.
Nós normalmente usamos a palavra "esperança" de uma maneira muito descuidada. Deus sempre usa isso com o maior cuidado. Não importa quão forte seja, desejo não é esperança. Mera expectativa não é esperança. A esperança na Bíblia é uma expectativa bem fundamentada para o futuro. Existem três tipos de pessoas mencionadas na Bíblia que estão sem esperança. Primeiramente, aqueles que duvidam ou negam a existência de Deus permanecem sem esperança. Então aqueles que negam a Bíblia como a Palavra de Deus permanecem sem esperança. E finalmente, aqueles que rejeitam a Cristo como o Filho de Deus permanecem sem qualquer esperança.
O primeiro, o homem que duvida ou nega a existência de Deus, permanece sem esperança. A esperança de uma vida futura repousa sobre a existência de um Deus bondoso e onipotente governando a natureza e os assuntos dos homens. Tire esse Deus do universo e o homem fica absolutamente desamparado e sem esperança. Não há muitos que não acreditam na existência de Deus. Cinqüenta anos atrás, conheci Charles Evan Smith, presidente da Liga do Ateísmo da cidade de Nova York. Quando perguntei se ele acreditava na evolução teísta, ele disse que não acreditava em Deus. Perguntei-lhe como ele explicava tudo o que era e ele disse que tudo o que aconteceu. Ele acreditava que o sol, a lua, as estrelas e todo o resto da maravilhosa criação de Deus apenas se encaixavam. Isso seria mais provável de acontecer do que pegar os intricados mecanismos de um relógio, jogá-los no ar e fazê-los cair juntos em perfeito funcionamento. Sem um relojoeiro, o relógio caindo juntos em perfeita ordem é tão impossível quanto o universo caindo juntos sem um criador.
Então perguntei se ele acreditava que um evolucionista também poderia ser um cristão. Ele disse que era absolutamente impossível. Que qualquer homem que seja evolucionista e acabe com o ateísmo é simplesmente um pensador desonesto. Eu perguntei por que ele não podia ser cristão. Ele respondeu que o cristão diz que o homem caiu e precisa de um Salvador. O evolucionista diz que ele desceu das árvores e começou a andar. Ele disse que se o homem não cair, o homem não precisa de um Salvador. O macaco pecou? Claro que não. Ele raciocinou, eliminou o Jardim do Éden e não há necessidade da cruz de Cristo.
Então, como eu sei que existe um Deus? Observe, eu não disse eu acho. Você vê que eu não sou um homem educado. Portanto, posso dizer porque sei. Um homem educado não deveria saber de nada. Ele deveria dizer "talvez" ou "poderia ter sido". Alguém me perguntou se eu podia ler grego. Eu disse: "Cara, mal sei ler inglês, muito menos grego". Um sujeito estava tentando me ensinar um pouco de grego sobre o batismo. Ele disse que é baptidzo rantidzo. Eu disse: "Sim e também gravograveis gravel, mas foi apenas quando eu era criança." Talvez não devamos ser dogmáticos, mas vou dizer dogmaticamente que sei que existe um Deus. Eu tenho certeza que existe um Deus.
Primeiro de tudo eu sei do argumento da criação. Olhe tudo o que você vê agora. De onde veio isso? A vida nunca foi gerada a partir de matéria morta. Do nada, nada pode vir. Suponha que eu pegue uma garrafa e derrame todo o ar e a água e os germes. Eu cortaria tudo para que nada pudesse entrar. Do nada, nada poderia vir. Como algo poderia estar nisso? Como a vida nunca foi gerada a partir de matéria morta, devemos explicar de onde veio tudo.
Todo o pensamento racional e filosofia do homem nunca lhe darão uma base sobre a qual ele possa permanecer e fornecer uma razão para ter qualquer esperança. Eu acredito no princípio que Deus criou os céus e a terra. A Bíblia não diz: "No princípio, Deus". A Bíblia diz: "No princípio, Deus criou". Por quê? Porque Deus não teve nenhum começo. Ele foi o começo de começos. Houve um tempo em que Deus estava sozinho. Não havia árvores, nem grama, nem água, nem folhagem, nem nada, só Deus. Apenas Deus. Eu acredito que só Ele sabe o que aconteceu lá atrás. Ele estava lá e colocou no livro. Agora, muitos desses ateus e assim por diante que não estavam lá são como o garotinho que pegou uma abelha a caminho da escola. Ele colocou em uma garrafa e enfiou no bolso de seu quadril. Quando ele chegou à escola, ele estava se contorcendo em sua cadeira e a rolha saiu da garrafa. Então ele realmente começou a se contorcer em seu assento, e seu professor disse: "Johnny, o que você está fazendo?" Ele disse: "Há algo acontecendo lá atrás que você não conhece!" O que estou dizendo é que alguma coisa aconteceu lá atrás que só Deus sabe e só Deus poderia nos dizer.
Agora, em segundo lugar, sei que existe um Deus por causa da sabedoria transmitida. O incrédulo não o chama de sabedoria transmitida. Ele chama isso de instinto herdado. Não existe tal coisa como instinto. No outono do ano, antes que o vento ruje sobre as Montanhas Rochosas e os lagos, os gansos e os patos se juntam e se formam nas empresas. Eles voam para o sul através de Michigan, Ohio, Kentucky, Tennessee, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Geórgia e Flórida, e caem nas águas quentes do Golfo para banhar seus seios em água morna até a primavera. Então eles se viram e voltam novamente. Quem mandou esses gansos irem para o sul no inverno e virem para o norte no verão? Quem lhes disse para fazer isso? Você diz que é instinto. Onde você conseguiu esse instinto, velho? Esses gansos nunca fizeram essa viagem antes. No entanto, eles partem de lá no Canadá e voam até a Flórida, nunca perdendo um campo de alimentação. Agora, onde eles conseguiram sua habilidade de navegação?
Na Califórnia, há uma aranha do tamanho de um botão de sapato. Ele constrói seu ninho dentro de uma concha vazia ou concha de ostra. Antes de fazer isso, ele levanta aquela concha de 6 a 12 polegadas acima do solo. Para essa pequena aranha levantar aquela concha de ostra, que é muitas muitas vezes o seu próprio peso, requer um feito de engenharia igual à construção das pirâmides do Egito. Como ele faz isso? Ele sobe e coloca um fio, desce e prende na concha, sobe e engata outro, desce e engata no outro lado. Esse segmento é úmido e quando seca, se contrai. E ele continua colocando-os até que ele possa finalmente levantá-lo. Onde ele aprendeu a fazer isso? Alguns dizem que é instinto. Ele aprendeu com sua mamãe e papoula aranha. Onde eles aprenderam isso? Ouça o velho esperto. A primeira aranha que já fez isso não teve que sentar e descobrir por si mesmo. É uma sabedoria transmitida. Essa é a razão pela qual eu sei que existe um Deus.
Minha sobrinha chegou da faculdade um dia e me disse: "Meu professor disse que Jesus não poderia ter nascido de uma mãe humana sem pai humano. Isso era uma impossibilidade biológica". Eu disse: "Deixe-me lhe dizer o que fazer. Você diz ao seu pequeno professor com cabeça de gambá que seu tio disse que o primeiro homem que chegou neste mundo chegou sem pai ou mãe. Se Deus quisesse enviar Seu Filho nascido de uma mãe humana sem um pai humano Ele poderia e fez isso". No dia seguinte, ela voltou para explicar como o primeiro germe veio de outro planeta. Eu perguntei: "De onde veio o germe?" A vida nunca foi gerada a partir de matéria morta. Seu professor afirmou que o primeiro germe veio em um meteoro. Eu disse: "Querida, você não sabe que um meteoro é uma bola de fogo? Como um germe viveria nisso?" Mas ela disse: "A teoria da evolução é a única explicação sensata". Essa é a coisa mais insana que eu já ouvi! Para ser um evolucionista, você teria que mudar seu cérebro da razão e jogá-lo em ponto morto.
Ouça o que eles dizem. Lá atrás em algum lugar, em algum lugar, de alguma forma, ninguém sabe quando, como, onde ou por que, nada entrou em nada e nada formou alguma coisa. Um germe entrou na água de alguma forma. Então a água transformou-a em um girino e um dia o girino nadou até outro banco e ficou preso na lama e secou lá. Contorcendo-se na lama, ele formou verrugas em sua barriga que mais tarde se tornaram pernas. Depois que ele desenvolveu as pernas, ele estava subindo pelas árvores um dia, quando seu pé escorregou. Quando ele caiu, envolveu a cauda em torno de um membro. O frasco dele quebrou o rabo dele. Ele bateu no chão, levantou-se sobre as patas traseiras, atravessou a rua, comprou-lhe uma roupa, foi ensinar na universidade e disse: "Graças a Deus, finalmente sou um homem!" Eles podem enfiar isso no pescoço de algumas crianças, mas deixe-os tentar o velho uma vez. Tudo o que é, teve que ter um começo, aceitar a Deus e Ele é o começo de tudo.
A terceira razão pela qual sei que existe um Deus é por causa da profecia cumprida. Toda religião tem sua bíblia, mas esta Bíblia é a única que tem uma palavra de profecia nela. Por quê? Porque os autores de todos esses outros livros sabiam que se eles inserissem uma palavra de profecia e ela falhasse, o livro deles seria desacreditado. Mas a Palavra de Deus, com destemida ousadia, nos diz o que acontecerá nesta terra a homens, nações e indivíduos, às vezes milhares de anos no futuro. Quem poderia escrever um livro assim? Só Deus.
Eu posso tomar as profecias a respeito de Jesus Cristo e provar a qualquer homem pensante que deve haver um Deus. Primeiro de tudo Ele disse que nasceria em Belém da Judéia. Não apenas em Belém, não apenas na Judéia, mas em Belém da Judéia, e graças a Deus Ele era. Ele disse que nasceria de uma virgem. Graças a Deus ele era. Ele disse que eles apostariam em Suas vestes. Eles fizeram. Ele disse que eles arrancariam a barba dele. Eles fizeram. Ele disse que eles iriam crucificá-lo e eles o fizeram. Ele disse que faria sua morte com os ímpios e sua sepultura com os ricos. Ele morreu entre dois ladrões e foi sepultado no novo túmulo de José. Ele disse que você me mataria, mas eu me levantaria novamente. Está certo. Você não pode me matar, mas eu vou desistir da minha vida de qualquer maneira e eu ressuscitarei no terceiro dia. Não deixe ninguém te enganar. Este é o livro que resistirá ao teste.
Há outra razão pela qual sei que existe um Deus. Isto é, Ele responde a oração. Você já entrou em um autômato? É um restaurante que parece um correio. Você não vê garçonetes, cozinheiros ou qualquer coisa. Um dia fui a uma em Nova York. Você cai em um quarto sai uma xícara de café, ou purê de batatas e molho. Eu não via uma alma por perto, mas eu sentia o suficiente para saber que havia alguém lá atrás passando essas coisas. Por 60 anos eu andei até as janelas abertas do céu e eu pedi coisas e eu as tive derramadas para mim tão real quanto purê de batatas e molho. Eu sei que existe um Deus porque Ele responde a oração. "O tolo disse em seu coração: Não há Deus" (Sl. 14: 1). Estou pedindo a Deus que me deixe viver mais alguns anos porque acredito que tenho uma mensagem para as pessoas que não acreditam que existe um Deus.
Há uma razão final que sei que existe um Deus. Todo o pensamento racional e filosofia do homem nunca lhe darão uma base sobre a qual ele possa permanecer e fornecer uma razão para ter qualquer esperança. O único fundamento é a revelação que Deus dá de Si mesmo neste livro. Sozinho está contra os ventos da crítica. O homem que não confessa o Cristo que esta Bíblia apresenta permanece sem esperança.
Um sujeito disse: "Não sei se acredito que Cristo era Deus, porque Ele foi dormir num barco, como um homem iria dormir". Ele era meramente humano porque chorou porque ficou com fome porque morreu? Ouça, se Ele era apenas humano naquela noite lá fora naquele barquinho quando Ele foi dormir, Ele era Deus quando acalmou as ondas. Se Ele era humano quando Ele ficou com fome, Ele era Deus quando Ele levou o almoço de um garotinho e alimentou 5.000 pessoas com ele. Se Ele era humano quando Ele chorou, Ele era Deus quando ele rompeu o túmulo de Lázaro, abrindo-se como uma trepadeira de castanheiro e fazendo com que ele saísse vivo. Se Ele era humano quando Ele morreu em uma cruz, Ele foi declarado o Filho de Deus com poder, por Sua ressurreição dentre os mortos. Você pode confiar nele, meu amigo.
Meu pai e minha mãe descansaram suas cabeças nessa esperança e passaram pacificamente para outro mundo. O homem que nega isso está sem nenhuma esperança neste mundo e no mundo por vir. Ele não tem esperança de se encontrar com seus entes queridos que foram ou que podem ir. Enterrado ali está meu menino em uma pequena encosta na Virgínia Ocidental, em um túmulo, esperando pela ressurreição. Um dia, creio que ele sairá da sepultura e eu o verei novamente. Não tire essa esperança de mim, do Sr. Modernista ou do Sr. Evolucionista. Deus pendura um arco-íris de esperança em volta dos ombros brilhantes da tempestade do meu luto. Ele é essa esperança e sem Ele não há esperança de perdão no mundo eterno.
Por que eu acredito que existe um Deus, meu amigo? Porque só Ele faz algum sentido fora deste velho mundo. Só Ele traz sentido à vida, a esperança do perdão e um lugar no céu.


B.R. Lakin
Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: