As profecias

692. Quando vejo a cegueira e a miséria do homem, quando considero todo o universo silencioso, e o homem sem luz, deixado para si mesmo e, por assim dizer, perdido nesse canto do universo, sem saber quem o colocou lá, o que ele veio fazer, o que será dele na morte, e incapaz de todo o conhecimento, fico aterrorizado, como um homem que deveria ser levado em seu sono para uma terrível ilha deserta, e deveria despertar sem saber onde ele estava. é, e sem meios de fuga. E então eu me pergunto como as pessoas em uma condição tão infeliz não caem em desespero. Eu vejo outras pessoas ao meu redor de uma natureza semelhante. Eu pergunto se eles estão mais bem informados do que eu. Eles me dizem que eles não são. E então estes seres miseráveis ​​e perdidos, tendo olhado ao redor deles, e visto alguns objetos agradáveis, deram e se apegaram a eles. De minha parte, não fui capaz de me ligar a eles, e considerando quão fortemente parece haver algo além do que vejo, examinei se esse Deus não deixou algum sinal de Si mesmo.

Eu vejo muitas religiões contraditórias e, consequentemente, todas falsas, exceto uma. Cada um quer ser acreditado por sua própria autoridade e ameaça os incrédulos. Não acredito, portanto, neles. Todo mundo pode dizer isso; cada um pode se chamar de profeta. Mas vejo que a religião cristã em que as profecias são cumpridas; e é isso que todo mundo não pode fazer.

693. E o que coroa tudo isso é predição, de modo que não se deve dizer que é o acaso que o fez.

Quem, tendo apenas uma semana de vida, não descobrirá que é conveniente acreditar que tudo isso não é um golpe de sorte ...

Agora, se as paixões não nos afetassem, uma semana e cem anos equivaleriam à mesma coisa.

694. Profecias. A Grande Pan está morta. [1]

695. Suspense Verbum cum omni aviditate, scrutantes Scripturas, it it se haberent. [2]

696. Prodita lege.-Impleta cerne.-Implenda collige.

697. Entendemos as profecias somente quando vemos os eventos acontecerem. Assim, as provas de retiro, discrição, silêncio, etc., são provas apenas para aqueles que as conhecem e acreditam.

José é tão interno em uma lei tão externa.

As penitências externas se destinam ao interior, como humilhações à humildade. Então, o ...

698. A sinagoga precedeu a igreja; os judeus, os cristãos. Os profetas predisseram os cristãos; São João, Jesus Cristo.

699. É glorioso ver com os olhos da fé a história de Herodes e de César.

700. O zelo dos judeus por sua lei e seu templo (Josefo e Filo, o Judeu, Ad Caïum). O que outras pessoas tinham tal zelo? Era necessário que eles deveriam tê-lo.

Jesus Cristo predisse o tempo e o estado do mundo. O governante retirado da coxa, [3] e a quarta monarquia. Que sorte temos de ver essa luz em meio a essa escuridão!

Quão bom é ver, com os olhos da fé, Dario e Ciro, Alexandre, os Romanos, Pompeu e Herodes trabalhando, sem saber, para a glória do Evangelho!

701. Zelo do povo judeu pela lei, especialmente depois que não havia mais profetas.

702. Enquanto os profetas eram para manter a lei, as pessoas eram indiferentes. Mas desde que não houve mais profetas, o zelo lhes sucedeu.

703. O diabo perturbou o zelo dos judeus antes de Jesus Cristo, porque ele teria sido sua salvação, mas não desde então.

O povo judeu desprezado pelos gentios; o povo cristão perseguido.

704. Prova - Profecias com seu cumprimento; o que precedeu e o que seguiu Jesus Cristo.

705. As profecias são a prova mais forte de Jesus Cristo. É também para eles que Deus fez a maior provisão; porque o evento que os cumpriu é um milagre desde o nascimento da Igreja até o fim. Então Deus levantou profetas durante mil e seiscentos anos e, durante quatrocentos anos depois, Ele espalhou todas essas profecias entre todos os judeus, que os levaram para todas as partes do mundo. Tal era a preparação para o nascimento de Jesus Cristo e, como o Seu Evangelho era para ser acreditado por todo o mundo, não era apenas necessário que houvesse profecias para fazê-lo acreditar, mas que essas profecias deveriam existir em todo o mundo. , a fim de torná-lo abraçado por todo o mundo.

706. Mas não era suficiente que as profecias deveriam existir. Era necessário que eles fossem distribuídos em todos os lugares e preservados durante todo o tempo. E para que esse acordo não fosse tomado como um efeito do acaso, era necessário que isso fosse previsto.

É muito mais glorioso para o Messias que os judeus sejam os espectadores e até mesmo os instrumentos de Sua glória, além de que Deus os reservou.

707. Profecias. — O tempo predito pelo estado do povo judeu, pelo estado dos pagãos, pelo estado do templo, pelo número de anos.

708. É preciso ser ousado para prever a mesma coisa de muitas maneiras. Era necessário que as quatro monarquias idólatras ou pagãs, o fim do reino de Judá e as setenta semanas, acontecessem ao mesmo tempo, e tudo isso antes do segundo templo ser destruído.

709. Profecias - Se apenas um homem tivesse feito um livro de predições sobre Jesus Cristo, quanto ao tempo e a maneira, e Jesus Cristo tivesse vindo em conformidade com essas profecias, esse fato teria um peso infinito.

Mas há muito mais aqui. Aqui está uma sucessão de homens durante quatro mil anos, que, conseqüentemente e sem variação, vêm, um após o outro, para prever este mesmo evento. Aqui está todo um povo que o anuncia, e que existem há quatro mil anos, para dar testemunho corporativo das garantias que eles têm, e dos quais eles não podem ser desviados por quaisquer ameaças e perseguições que as pessoas possam fazer contra eles. Isso é muito mais importante.

710. Previsões de coisas particulares. - Elas eram estranhas no Egito, sem nenhuma propriedade privada, nem naquele país nem em outro lugar. [Não houve a menor aparição, seja da realeza que existia anteriormente tanto tempo, ou daquele conselho supremo de setenta juízes que eles chamaram de Sinédrio e que, tendo sido instituído por Moisés, durou até a época de Jesus Cristo. Todas estas coisas estavam tão distantes de seu estado naquela época quanto poderiam estar], quando Jacó, morrendo e abençoando seus doze filhos, declarou a eles, que eles seriam proprietários de uma grande terra, e predisseram em particular ao família de Judá, para que os reis que um dia os governassem fossem da sua linhagem; e que todos os seus irmãos sejam seus súditos; [e que até o Messias, que deveria ser a expectativa das nações, deveria brotar dele; e que o reinado não deve ser tirado de Judá, nem o governante e legislador de seus descendentes, até que o Messias esperado chegue em sua família].

Este mesmo Jacó, dispondo desta futura terra como se tivesse sido seu governante, deu uma parte a José mais do que aos outros. "Eu te dou", disse ele, "uma parte a mais do que a seus irmãos". E abençoando seus dois filhos, Efraim e Manassés, a quem José lhe apresentara, o mais velho Manassés à sua direita, e o jovem Efraim à sua esquerda, ele cruzou os braços e pôs a mão direita sobre a cabeça de Efraim. e sua esquerda em Manassés os abençoou dessa maneira. E, quando Joseph lhe disse estar preferindo o mais novo, ele respondeu com uma resolução admirável: "Eu o conheço bem, meu filho; mas Efraim aumentará mais do que Manassés". Isto foi de fato tão verdadeiro no resultado, que, estando sozinho quase tão frutífero quanto as duas linhas inteiras que compunham um reino inteiro, elas geralmente eram chamadas pelo nome de Efraim sozinho.

Este mesmo José, ao morrer, ordenou a seus filhos que levassem seus ossos com eles quando deveriam entrar naquela terra, para a qual eles só vieram duzentos anos depois.

Moisés, que escreveu todas essas coisas tanto tempo antes de acontecerem, atribuiu a cada porção de família daquela terra antes de entrar, como se tivesse sido seu governante. [De fato, ele declarou que Deus deveria levantar de sua nação e de sua raça um profeta, de quem ele era do tipo; e ele os predisse exatamente tudo o que lhes aconteceria na terra em que entrariam depois de sua morte, as vitórias que Deus lhes daria, sua ingratidão para com Deus, as punições que eles receberiam por isso, e o resto de suas aventuras.] Ele deu a eles juízes que deveriam fazer a divisão. Ele prescreveu toda a forma de governo político que eles deveriam observar, as cidades de refúgio que eles deveriam construir e ...

711. As profecias sobre coisas particulares se misturam com aquelas sobre o Messias, de modo que as profecias do Messias não devem ser sem provas, nem as profecias especiais sem frutos.

712. Cativeiro perpétuo dos judeus. - Jer. 11, 11: "Trarei o mal sobre Judá, do qual não poderão escapar."

Tipos. - Isaías. v: "O Senhor tinha uma vinha, da qual Ele procurava por uvas; e produzia apenas uvas bravas. Por isso, a porei e a destruirei; a terra só trará espinhos, e proibirei as nuvens de [chovendo] sobre ela. A vinha do Senhor é a casa de Israel, e os homens de Judá são a sua planta agradável. Eu olhei para que eles fizessem justiça, e eles trazem apenas iniquidades. "

Isaías 8: "Santifica o Senhor com temor e tremor; seja ele o teu terror, e te será por refúgio, mas por pedra de tropeço e pedra de escândalo, às duas casas de Israel, por um gim e por laço para os habitantes de Jerusalém, e muitos deles tropeçarão naquela pedra, e cairão, serão quebrantados, e se enredarão, e perecerão, ocultem as minhas palavras e cubram a minha lei para os meus discípulos.

"Esperarei então com paciência no Senhor que se esconde e se esconda da casa de Jacó."

Isaías 29: "Surpreenda-se e maravilha-se, povo de Israel; cambaleie e tropeça, e embriague-se, mas não com vinho; cambaleie, mas não com bebida forte. Para o Senhor derramou sobre você o espírito de sono profundo. Ele vai feche os olhos; ele cobrirá os seus príncipes e os seus profetas que têm visões ”. (Daniel 12: "Os ímpios não entenderão, mas os sábios entenderão". Oséias, o último capítulo, o último verso, depois de muitas bênçãos temporais, diz: "Quem é sábio, e ele entenderá estas coisas, etc.?" ")" E as visões de todos os profetas vos são como um livro selado, que os homens entregam a um que é instruído, e que pode ler, e ele diz, eu não posso lê-lo, pois está selado.O livro é entregue a eles que não são aprendidos, eles dizem que eu não sou aprendido.

"Por isso o Senhor disse: Porquanto este povo com os seus lábios me honra, mas tem o coração afastado de mim" - a razão e a causa disso; porque se eles adorassem a Deus em seus corações, eles entenderiam as profecias - "e seu temor em relação a mim é ensinado pelo preceito do homem. Portanto, eis que farei uma obra maravilhosa entre este povo, mesmo uma obra maravilhosa". e maravilha, porque a sabedoria dos seus sábios perecerá, e o seu entendimento será [escondido].

Profecias Provas da Divindade. 41: "Mostre as coisas que virão no futuro, para que saibamos que sois deuses: vamos inclinar nosso coração para suas palavras. Ensina-nos as coisas que foram no princípio e nos declara as coisas vindouras.

"Por isso saberemos que sois deuses. Sim, faça o bem ou faça o mal, se puder. Vamos, então, contemplá-lo e raciocinar juntos. Eis que vós sois de nada, e somente uma abominação, etc. Quem" ( entre escritores contemporâneos), "desde o princípio tem declarado que podemos saber das coisas feitas desde o princípio e origem? para que possamos dizer: Tu és justo. Não há quem nos ensine, sim, não há ninguém que declara o futuro "

Isaías 42: "Eu sou o Senhor, e não glorificarei a minha glória. Discrei as coisas que têm acontecido e as que estão para vir, declaro. Cantai a Deus um cântico novo em toda a terra. .

"Trazei as pessoas cegas que têm olhos e não vejam, e os surdos que têm ouvidos e não ouvem. Que todas as nações sejam reunidas. Quem dentre eles pode declarar isso, e nos mostrar coisas antigas, e coisas que virão? trazem as suas testemunhas, para que sejam justificadas, ou ouçam, e digam: é verdade.

"Vós sois minhas testemunhas, diz o Senhor e meu servo a quem escolhi, para que vos conheçam e creiam em mim e compreendam que eu sou ele.

"Eu tenho declarado e salvo, e só eu tenho feito maravilhas diante de seus olhos: sois minhas testemunhas, disse o Senhor, que eu sou Deus.

"Por sua causa eu derrubei as forças dos babilônios. Eu sou o Senhor, seu Santo e criador.

"Eu fiz um caminho no mar, e um caminho nas águas poderosas. Eu sou aquele que se afogou e destruiu para sempre os poderosos inimigos que resistiram a você.

"Lembre-se de não as coisas anteriores, nem considere as coisas de antigamente.

"Eis que farei uma coisa nova; agora brotará; não o sabereis? Farei inclusive um caminho no deserto e rios no deserto.

"Este povo eu formei para mim; eu os estabeleci para mostrar meu louvor, etc.

"Eu, eu mesmo, sou o que tira as tuas transgressões por amor de mim mesmo, e não te lembrarei dos teus pecados. Lembra-te da tua ingratidão; vê, se é que podes ser justificado. O teu primeiro pai pecou e os teus professores têm transgrediu contra mim ".

Isaías 44: "Eu sou o primeiro e sou o último, diz o Senhor. Aquele que se iguala a mim, declare a ordem das coisas desde que designei o povo antigo e as coisas que estão vindo. Não temais Não te falei todas estas coisas? Sois minhas testemunhas.

Profecia de Ciro. Isaías 45, 4: "Por amor de Jacó, meu eleito, eu te chamei pelo teu nome."

Isaías . "Venha e deixe-nos raciocinar juntos. Quem tem declarado isto desde a antiguidade? Quem disse isso a partir daquele momento? Não tenho eu, o Senhor?"

Isaías . 46: "Lembre-se das coisas antigas e saiba que não há ninguém como eu, declarando o fim desde o princípio, e desde os tempos antigos as coisas que ainda não foram feitas, dizendo: Meu conselho permanecerá, e farei todas as minhas prazer."

Isaías . 42: "Eis que as primeiras coisas aconteceram e novas coisas eu declaro; antes que surjam, eu lhes falo sobre elas."

Isaías . 18, 3: "Eu declarei as primeiras coisas desde o princípio; eu as fiz de repente; e elas aconteceram. Porque eu sei que tu és obstinado, que teu espírito é rebelde, e tua fronte é de bronze; eu mesmo declarei isso antes que acontecesse a ti, para que não dissesses que era obra de teus deuses e o efeito de seus mandamentos.

"Viste tudo isto, e não o declararás? Mostrei-te coisas novas, desde agora, coisas ocultas, e não as conheceste. São criadas agora, e não desde o princípio; guardei-as. escondido de ti, para que não dissesses: Eis que eu os conheci.

"Sim, tu não o sabias; sim, tu não ouviste; sim, desde aquele tempo que a tua orelha não foi aberta: pois eu sabia que tu poderias tratar com muito traiçoeiro, e foste chamado transgressor desde o ventre."

Reprovação dos judeus e conversão dos gentios. 45: "Sou procurado por aqueles que não me pediram, sou encontrado dos que me procuravam não, eu disse: Eis-me, eis que me contempla, a uma nação que não invocou o meu nome.

"Estendi as minhas mãos o dia todo a um povo incrédulo, que anda de um modo que não é bom, segundo os seus próprios pensamentos; povo que me provoca à ira continuamente, pelos pecados que cometem na minha face; ídolos, etc.

"Estes serão espalhados como fumaça no dia da minha ira, etc.

As tuas iniquidades e as iniquidades de vossos pais vos ajuntarei, e vos recompensarei por todos segundo as vossas obras.

Assim diz o Senhor: Como o vinho novo é achado no cacho, e se diz: Não o destruir, porque nela há uma bênção [e a promessa do fruto]; por amor de meus servos não destruirei a todo o Israel.

Assim tirarei descendência de Jacó e de Judá, herdeiro dos meus montes; e os meus eleitos e os meus servos herdarão as minhas e as minhas férteis e abundantes planícies, mas destruirei todos os outros, porque me esqueci seu Deus para servir deuses estranhos, eu chamei e você não respondeu, eu falei, e você não ouviu, e você escolheu o que eu proibi.

"Portanto assim diz o Senhor: Eis que os meus servos comerão, mas vós ficareis com fome; os meus servos se alegrarão, mas ficareis envergonhados; os meus servos cantarão por alegria de coração, mas vós chorareis e uivareis por vexame de espírito .

"E deixareis o teu nome por maldição aos meus escolhidos: pois o Senhor te matará e chamará os seus servos por outro nome, para que aquele que se abençoar na terra se abençoe em Deus, etc., porque os problemas anteriores são esquecidos.

"Pois eis que eu crio novos céus e uma nova terra; e as primeiras coisas não serão lembradas, nem entrarei em mente.

"Sejam contentes e alegrem-se para sempre naquilo que crio, pois eis que crio Jerusalém em alegria e seu povo uma alegria.

"E exultarei em Jerusalém e folgarei no meu povo; e nunca mais se ouvirá nela voz de choro nem voz de clamor.

"Antes que eles chamem eu responderei; enquanto eles ainda estiverem falando, eu ouvirei. O lobo eo cordeiro se apascentarão juntos, e o leão comerá palha como o boi; e pó será a comida da serpente. Eles não ferir nem destruir em todo o meu santo monte ".

Isaías. 55, 3: "Assim diz o Senhor: Mantém o juízo e fazeis justiça, porque a minha salvação está próxima e a minha justiça será revelada.

"Bem-aventurado o homem que faz isto, guarda o sábado e impede a sua mão de fazer o mal.

Nem tampouco os estrangeiros que se juntaram a mim dizem: Deus me separará de seu povo. Pois assim diz o Senhor: Quem guardará meu sábado, e escolherá as coisas que me agradam, e apossará-se de minha aliança; a eles darei na minha casa um lugar e um nome melhor do que o de filhos e filhas; dar-lhes-ei um nome eterno, que não será cortado.

Isaías 59, 9: "Por causa de nossas iniquidades está a justiça longe de nós: esperamos pela luz, mas eis a obscuridade; para o brilho, mas andamos em trevas. Apalpamos a parede como um cego; tropeçamos ao meio-dia como em a noite: estamos em lugares desolados como homens mortos.

"Nós rugimos todos como ursos, e lamentamos como pombas; procuramos julgamento, mas não há nenhum; para salvação, mas está longe de nós."

Isaías 66, 18: "Mas conheço as suas obras e os seus pensamentos; virá que ajuntarei todas as nações e línguas, e verão a minha glória.

"E porei um sinal entre eles, e enviarei os que deles escaparem às nações, à África, à Lídia, à Itália, à Grécia e ao povo que não ouviu a minha fama, nem viu a minha glória, e eles trarão seus irmãos. "

Jer. 7. Reprovação do Templo: "Ide a Sabret, onde pus meu nome à primeira vista, e vejo o que fiz para a iniquidade do meu povo. E agora, porque fizeste todas estas obras, diz o Senhor, Farei para esta casa, onde meu nome é chamado, em que confiais, e para o lugar que eu dei a seus sacerdotes, como eu fiz para Shiloth ". (Pois eu rejeitei isso e fiz de mim mesmo um templo em outro lugar.)

"E eu te expulsarei de meus olhos, como eu lancei todos os teus irmãos, a semente de Efraim." (Rejeitado para sempre.) "Portanto, não ores por este povo."

Jer. 7, 22: "Que aproveita para você sacrificar sacrifícios? Pois não falei a vossos pais quando os tirei da terra do Egito a respeito de holocaustos ou sacrifícios. Mas isto lhes ordenei, dizendo: Obedeça e seja fiel aos meus mandamentos e eu serei o seu Deus e você será o meu povo. " (Foi somente depois que eles sacrificaram para o bezerro de ouro que eu me dei sacrifícios para me transformar em um bom costume maligno.)

Jer. 7, 4: "Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor são estes."

713. Os judeus testemunham por Deus. Isaías 43, 9; 44, 8.

Profecias cumpridas. - I Reis 13,2. - I Reis 23,16. - Josué 6,2; I Reis 16,34. Deut. 23

Malaquias 1, 2. O sacrifício dos judeus rejeitado e o sacrifício dos pagãos (mesmo de Jerusalém) e em todos os lugares.

Moisés, antes de morrer, predisse o chamado dos gentios, Deut. 32, 21, e a reprovação dos judeus.

Moisés predisse o que aconteceria com cada tribo.

Profecia. - "O teu nome será uma maldição para os meus eleitos, e eu lhes darei outro nome."

"Faça seu coração engordar" [4] e como? por lisonjear sua luxúria e fazê-los ter esperança de satisfazê-la.

714. Profecia - Amós e Zacarias. Eles venderam o justo e, portanto, não serão lembrados. Jesus Cristo traiu.

Eles não mais se lembrarão do Egito. Veja Isaias 43, 16, 17, 18, 19. Jer. 23, 6, 7.

Profecia - Os judeus serão dispersos. Isaías 27, 6. — Uma nova lei, Jerem. 31, 32.

Malaquias Grotius. - O segundo templo glorioso. - Jesus Cristo virá. Ageu 2, 7, 8, 9, 10.

O chamado dos gentios. Joel 2, 28. Oséias 2, 24. Deut. 32, 21. Malaquias 1, 11.

715. Oséias 3. — Isaías 42, 48, 54, 60, 61, último verso. "Eu previ há muito tempo desde que eles possam saber que é eu". Jaddus para Alexander.

716. [Profecias. — A promessa de que Davi sempre terá descendentes. Jer. 13, 13.]

717. O reino eterno da raça de Davi, 2 Cron., Por todas as profecias, e com um juramento. E não foi cumprido temporariamente. Jer. 23, 20.

718. Talvez pensemos que, quando os profetas predisseram que o cetro não deveria partir de Judá até que o Rei eterno viesse, falavam para lisonjear o povo e que sua profecia se mostrava falsa por Herodes. Mas para mostrar que esse não era o seu significado, e que, pelo contrário, eles sabiam bem que esse reino temporal deveria cessar, eles disseram que eles estariam sem um rei e sem um príncipe, e por um longo tempo. Oséias 3, 4

719. Non habemus regem nisi Cæsarem. [5] Portanto, Jesus Cristo era o Messias, uma vez que eles não tinham mais nenhum rei senão um estranho, e não teriam outro.

720. Não temos rei senão César.

721. Daniel 2: "Todos os teus adivinhadores e sábios não podem mostrar-te o segredo que tu exigiste. Mas há um Deus no céu que pode fazer isso, e que te revelou em teu sonho o que será no último dias, "(Esse sonho deve ter lhe causado muita apreensão.)

"E não é pela minha própria sabedoria que eu tenho conhecimento deste segredo, mas pela revelação deste mesmo Deus, que o revelou para mim, para torná-lo manifesto em tua presença.

"Teu sonho era então desta espécie. Viste uma grande imagem, alta e terrível, que estava diante de ti. Sua cabeça era de ouro, seu peito e braços de prata, seu ventre e suas coxas de bronze, suas pernas de ferro, os seus pés são parte de ferro e parte de barro, e assim, até que se cortou uma pedra sem mãos, que feriu nos pés a imagem de ferro e de barro, e os quebrou em pedaços.

"Então o ferro, o barro, o latão, a prata eo ouro foram partidos em pedaços, eo vento os levou embora; mas esta pedra que feriu a imagem tornou - se uma grande montanha e encheu toda a terra. Isto é o sonho, e agora vou dar-lhe a interpretação disso.

"Tu que és o maior dos reis, e a quem Deus deu um poder tão vasto que és famoso entre todos os povos, és a cabeça de ouro que viste. Mas depois de ti se levantará outro reino inferior a ti, e outro terceiro reino de bronze que dominará toda a terra.

"Mas o quarto reino será forte como o ferro, e como o ferro esmiúça e submete todas as coisas, assim este império quebrantará e tudo ferirá.

"E enquanto tu viste os pés e os dedos, parte de barro e parte de ferro, o reino será dividido; mas nela haverá força de ferro e fraqueza de barro.

"Mas, como o ferro não pode ser firmemente misturado com barro, também os que são representados pelo ferro e pelo barro não se ligarão uns aos outros, embora unidos pelo casamento.

"Agora nos dias destes reis Deus estabelecerá um reino, que nunca será destruído, nem jamais será entregue a outras pessoas. Ele deve quebrar em pedaços e consumir todos esses reinos, e permanecerá para sempre, de acordo com tu viste que a pedra foi cortada do monte sem mãos, e que caiu do monte, e partiu em pedaços o ferro, o barro, a prata eo ouro Deus fez saber a ti o que acontecerá Este sonho é certo e a sua interpretação é certa.

"Então Nabucodonosor caiu sobre o seu rosto em direção à terra", etc.

Daniel 8, 8. "Daniel tendo visto o combate do carneiro e do bode, que o venceram e reinaram sobre a terra, do qual o principal chifre foi quebrado, outros quatro subiram em direção aos quatro ventos do céu, e de um deles saiu um pouco de chifre, que cresceu muito para o sul, e para o oriente, e para a terra de Israel, e se fortalecia até o exército do céu, e lançou algumas das estrelas, e pisou neles e finalmente derrubou o príncipe, e por ele o sacrifício diário foi tirado, e o lugar de seu santuário foi derrubado.

"Isto é o que Daniel viu. Ele buscou o significado disso, e uma voz gritou desta maneira, 'Gabriel, faça este homem entender a visão,' E Gabriel disse:

"O carneiro que viste é o rei dos medos e persas, e o bode é o rei da Grécia, e o grande chifre que há entre os olhos é o primeiro rei desta monarquia.

"Agora que está sendo quebrado, enquanto quatro se levantaram para ele, quatro reinos se levantarão da nação, mas não em seu poder.

"E no tempo final de seu reino, quando as iniquidades forem completadas, surgirá um rei, insolente e forte, mas não por sua própria força, a quem todas as coisas sucederão por sua própria vontade; e ele destruirá o povo santo, e através de sua política, ele fará com que a arte prospere em sua mão, e ele destruirá a muitos. Ele também se levantará contra o Príncipe dos príncipes, mas ele perecerá miseravelmente, e no entanto por uma mão violenta ".

Daniel 9, 20. "Enquanto eu estava orando com todo o meu coração, e confessando meu pecado e o pecado de todo o meu povo, e me prostrando diante do meu Deus, mesmo Gabriel, a quem eu tinha visto na visão no princípio, veio e tocou-me no tempo da oblação da noite, e ele me informou e disse: Ó Daniel, agora saio para dar-te o conhecimento das coisas. No início das tuas súplicas vim mostrar o que desejaste. porque és mui amado, por isso entende o assunto e considera a visão: Setenta semanas são determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para acabar a transgressão, para dar um fim aos pecados e abolir a iniquidade. para trazer a justiça eterna, para realizar a visão e as profecias, e para ungir o Santo dos Santos (após o qual este povo não será mais o teu povo, nem esta cidade a cidade santa. Os tempos de ira devem ser passados, eo anos de graça virão para sempre.)

"Sabe, pois, e entende que desde a saída do mandamento de restaurar e construir Jerusalém até o Messias, o Príncipe, serão sete semanas e três escores e duas semanas." (Os hebreus estavam acostumados a dividir números e colocar os pequenos primeiro. Assim, 7 e 62 fazem 69. Desse total, 70 permanecerão então os 70, isto é, os 7 últimos anos dos quais ele falará a seguir. )

"A rua será construída novamente, e a muralha, mesmo em tempos difíceis. E depois de três horas e duas semanas" (que seguiram os sete primeiros. Cristo será então morto depois das sessenta e nove semanas, isto é, , na última semana), "o Cristo será cortado, e um povo do príncipe que virá destruirá a cidade e o santuário, e sobrepujará a todos, e o fim dessa guerra cumprirá a desolação."

"Agora, uma semana" (que é a septuagésima, que permanece), "confirmará a aliança com muitos, e no meio da semana" (isto é, os últimos três anos e meio) ", ele disse. fará cessar o sacrifício e a oblação, e, para a rebeldia das abominações, fará estragá-lo até a consumação, e o que se determinar será derramado sobre a desolação.

Daniel 11. "O anjo disse a Daniel: Ainda existirá," (depois de Ciro, por quem ainda é), "três reis na Pérsia" (Cambises, Smerdis, Dario); "e o quarto que virá então" (Xerxes) "será muito mais rico que todos eles, e muito mais forte, e incitar todo o seu povo contra os gregos.

"Mas um poderoso rei se levantará", (Alexandre), "que dominará com grande domínio, e fará de acordo com a sua vontade. E quando ele se levantar, seu reino será quebrado, e será dividido em quatro partes para os quatro ventos do céu ", (como ele tinha dito acima, 7, 6; 8, 8)," mas não a sua posteridade; e seus sucessores não serão iguais ao seu poder, pois o seu reino será arrancado, mesmo para outros além estes "(seus quatro principais sucessores).

"E o rei do sul", (Ptolomeu, filho de Lagos, Egito), "será forte, mas um de seus príncipes será forte acima dele, e seu domínio será um grande domínio" (Seleuco, rei de Síria, Appian diz que ele era o mais poderoso dos sucessores de Alexandre).

"E no fim dos anos eles se unirão, e a filha do rei do sul" (Berenice, filha de Ptolomeu Filadelfo, filho do outro Ptolomeu), "virá ao rei do norte" (para Antíoco Deus, rei da Síria e da Ásia, filho de Seleuco Lagidas), "para fazer a paz entre esses príncipes.

"Mas nem ela nem a sua semente terão autoridade longa; porque ela e os que a trouxeram, e seus filhos e suas amigas, serão entregues à morte." (Berenice e seu filho foram mortos por Seleuco Callinicus.)

"Mas fora de um ramo de suas raízes deve se levantar" (Ptolomeu Euergetes foi a questão do mesmo pai como Berenice), "que virá com um poderoso exército para a terra do rei do norte, onde ele deve põe tudo sob sujeição, e também levará para o cativeiro no Egito os seus deuses, os seus príncipes, o seu ouro, a sua prata e todos os seus preciosos espólios "(se não tivesse sido chamado ao Egipto por razões domésticas, diz Justino, ele despojaram inteiramente Seleuco); "e ele deve continuar vários anos quando o rei do norte pode fazer nada contra ele.

"E assim ele retornará ao seu reino. Mas seus filhos serão despertados e reunirão uma multidão de grandes forças" (Seleuco Cerauno, Antíoco, o Grande). "E o seu exército virá e derrubará a todos; por isso o rei do sul será movido de colegial, e também formará um grande exército, e lutará com ele" (Ptolomeu Filopator contra Antíoco, o Grande, em Raphia), "e vencerá; e suas tropas tornar-se-ão insolentes e seu coração será exaltado "(este Ptolomeu profanou o templo; Josefo):" ele abaterá muitos milhares, mas ele não será fortalecido por ele. Pois o rei do norte "(Antíoco, o Grande)," retornará com uma multidão maior do que antes, e também naqueles tempos um grande número de inimigos se levantará contra o rei do sul "(durante o reinado dos jovens) Ptolomeu Epifânio); "Também os apóstatas e os salteadores do teu povo se exaltarão para estabelecer a visão; mas eles cairão." (Aqueles que abandonam sua religião para agradar Euergetes, quando ele enviará suas tropas para Scopas; pois Antíoco novamente tomará Scopas e os conquistará.) "E o rei do norte destruirá as cidades fortificadas e as armas do sul não resistirão, e todos renderão à sua vontade: ele permanecerá na terra de Israel e cederá a ele, e assim pensará em se tornar senhor de todo o império do Egito "(desprezando os jovens de Epiphanes, diz Justin). "E para isso ele deve fazer aliança com ele, e dar a sua filha" (Cleópatra, a fim de que ela possa trair o marido. Em que Appian diz que duvidar de sua capacidade de tornar-se mestre do Egito pela força, por causa da proteção de os romanos, ele queria tentar com astúcia). "Ele desejará corrompê-la, mas ela não permanecerá a seu lado nem a ele. Então voltará seu rosto para outros desígnios e pensará em se tornar dono de algumas ilhas" (isto é, portos marítimos), "e tomará muitos" (como diz Appian).

"Mas um príncipe se oporá a suas conquistas", (Cipião Africano, que parou o progresso de Antíoco, o Grande, porque ofendeu os romanos na pessoa de seus aliados), "e fará cessar o opróbrio que lhe foi oferecido. Ele deve então volte para o seu reino e lá pereça, e não mais. " (Ele foi morto por seus soldados.)

"E aquele que se levantar em sua propriedade" (Filipe de Seleuco ou Soter, o filho de Antíoco, o Grande), "será um tirano, um criador de impostos na glória do reino" (que significa o povo) "mas dentro de poucos dias ele será destruído, nem com raiva nem em batalha. E em seu lugar se erguerá uma pessoa vil, indigna da honra do reino, mas ele entrará inteligentemente por lisonjas. Todos os exércitos devem dobre-se diante dele, ele os vencerá, e até mesmo o príncipe com quem fez um pacto: por ter renovado a liga com ele, ele deve trabalhar com dolo e entrar com um povo pequeno em sua província, pacificamente e sem medo. tomará os lugares mais férteis, e fará o que seus pais não fizeram, e assolará por todos os lados. Ele preverá grandes dispositivos durante seu tempo ".

722. Profecias. As setenta semanas de Daniel são ambíguas quanto ao prazo de início, por causa dos termos da profecia; e quanto ao prazo de conclusão, por causa das diferenças entre os cronologistas. Mas toda essa diferença se estende apenas a duzentos anos.

723. Predições - Que na quarta monarquia, antes da destruição do segundo templo, antes que o domínio dos judeus fosse tirado, na septuagésima semana de Daniel, durante a continuação do segundo templo, os pagãos deveriam ser instruídos, e trouxe para o conhecimento do Deus adorado pelos judeus; que aqueles que o amavam deveriam ser libertos de seus inimigos e cheios de seu temor e amor.

E aconteceu que na quarta monarquia, antes da destruição do segundo templo, etc., os pagãos em grande número adoravam a Deus e levavam uma vida angélica. As donzelas dedicaram sua virgindade e sua vida a Deus. Homens renunciaram a seus prazeres. O que Platão só poderia tornar aceitável para alguns homens, especialmente escolhidos e instruídos, uma influência secreta transmitida, pelo poder de poucas palavras, a cem milhões de homens ignorantes.

Os ricos deixaram sua riqueza. As crianças deixaram as casas delicadas de seus pais para entrar no deserto. (Veja Philo, o judeu.) Tudo isso foi predito há muito tempo atrás. Por dois mil anos, nenhum pagão adorou o Deus dos judeus; e no tempo predito, um grande número dos pagãos adorou a este único Deus. Os templos foram destruídos. Os próprios reis fizeram a submissão à cruz. Tudo isso foi devido ao Espírito de Deus, que foi espalhado sobre a terra.

Nenhum pagão, desde Moisés até Jesus Cristo, creu de acordo com os próprios rabinos. Um grande número de pagãos, depois de Jesus Cristo, acreditou nos livros de Moisés, manteve-os em substância e espírito, e apenas rejeitou o que era inútil.

724. Profecias. - A conversão dos egípcios (Isaías 19, 19); um altar no Egito para o verdadeiro Deus.

725. Profecias - No Egito - Pugio Fidei, p. 659. Talmude.

"É uma tradição entre nós que, quando o Messias vier, a casa de Deus, destinada à dispensação de Sua Palavra, seja cheia de imundície e impureza; e que a sabedoria dos escribas seja completa." corruptos e podres. Aqueles que tiverem medo do pecado, serão rejeitados pelo povo e tratados como loucos sem sentido. "

Isaías 49: "Ouve, ó ilhas, a mim, e escutai vós, ó povo, de longe: O Senhor chamou-me pelo meu nome desde o seio de minha mãe; na sombra da sua mão me escondeu e fez palavras minhas como espada afiada, e disse-me: Tu és meu servo em quem serei glorificado. Então eu disse: Senhor, trabalhei em vão? Despejei a minha força, mas certamente o meu juízo é contigo. Senhor, e minha obra para com Ti. E agora, diz o Senhor, que me formou desde o ventre para ser seu servo, para trazer a Jacob e Israel novamente a ele, serás glorioso aos meus olhos, e eu serei teu É uma coisa leve que tu deves converter as tribos de Jacó, eu levantei-te para uma luz para os gentios, que tu pode ser a minha salvação até os confins da terra.Assim diz o Senhor a quem o homem despreza àquele a quem a nação aborrece, a um servo de príncipes, príncipes e reis te adorarão, porque o Senhor é fiel que te escolheu.

"Mais uma vez o Senhor me disse:" Eu te ouvi nos dias da salvação e da misericórdia, e te guardarei para fazer um pacto entre o povo, para herdar as nações assoladas, para dizer aos prisioneiros: diante dos que se acham em trevas, vistam-se e possuam estas terras abundantes e férteis.Não terão fome nem sede, nem o calor nem o sol os ferirão, pois aquele que tem misericórdia deles os guiará, até pelas fontes das águas os guiará, e fará os montes um caminho à sua frente. Eis que os povos vêm de todas as partes, do oriente, do ocidente, do norte e do sul, e os céus dão glória a Deus; Que a terra seja alegre, pois aprouve ao Senhor consolar Seu povo, e Ele terá misericórdia dos pobres que n'Ele esperam.

"No entanto, Sião ousou dizer: O Senhor me desamparou e se esqueceu de mim. Pode uma mulher esquecer seu filho, que ela não deveria ter compaixão do filho de seu ventre? Mas se ela esquece, ainda não me esquecerei de ti, Ó Sião. Sempre te sustentarei entre as minhas mãos, e as tuas paredes estarão sempre diante de mim, e os que te edificarão virão, e os teus destruidores sairão de ti, e erguer-te-á olhos ao redor, e eis que todos estes se reúnem e vêm a ti. Vivo eu, diz o Senhor, tu certamente te vestirás com todos eles, como em um ornamento. Teu desperdício e teus lugares desolados, e a terra de tua destruição, agora seja demasiado estreito por causa dos habitantes, e os filhos que tiveres após a tua barrenta dirão novamente em teus ouvidos: O lugar é demasiado estreito para mim: dá lugar a mim para que eu possa habitar.Então você dirá em seu coração : Quem me gerou estes, vendo que perdi meus filhos, e estou desolado, um cativo, e removendo a um d fro? e quem criou isso? Eis que fiquei sozinho; estes, onde eles estiveram? E o Senhor te dirá: Eis que eu levantarei a mão para os gentios e estabelecerei o meu estandarte para o povo; e trarão teus filhos em seus braços e em seus peitos. E os reis devem ser seus pais de enfermagem e as rainhas suas mães que amamentam; eles se inclinarão a ti com o rosto em direção à terra e lamberão o pó dos teus pés; e saberás que eu sou o Senhor; porque não serão envergonhados os que esperam por mim. Será que a presa será tirada do poderoso? Mas mesmo que os cativos sejam tirados dos fortes, nada me impedirá de salvar teus filhos e de destruir teus inimigos; e toda a carne saberá que eu sou o Senhor, o teu Salvador e o teu Redentor, o poderoso de Jacó.

"Assim diz o Senhor: Qual é a conta deste divórcio, com a qual eu sepultei a sinagoga? E por que o entreguei nas mãos de seus inimigos? Não é pelas suas iniquidades e por suas transgressões que eu coloquei? longe?

"Porque eu vim, e ninguém me recebeu; eu chamei e não houve quem ouvisse. O meu braço está encolhido, para que eu não possa resgatar?

Por isso mostrarei os sinais da minha ira, e vestirei os céus de trevas, e de pano de saco a sua coberta.

"O Senhor me deu a língua dos sábios para que eu soubesse como falar uma palavra naquele tempo àquele que está cansado. Ele abriu os meus ouvidos e eu o ouvi como mestre.

"O Senhor revelou a sua vontade e eu não fui rebelde.

"Dei o meu corpo aos feridos e as minhas faces à indignação; não escondi o meu rosto de vergonha e cuspir. Mas o Senhor me ajudou; portanto, não me confundi.

"Ele está perto daquilo que me justifica; quem contenderá comigo? Quem será meu adversário, e me acusará de pecado, sendo o próprio Deus meu protetor?

"Todos os homens passarão e serão consumidos pelo tempo; os que temem a Deus atentem para a voz do seu servo; o que enfraquecer nas trevas, ponha a sua confiança no Senhor. Mas, quanto a vós, só deveis inflamar a ira." de vós, de Deus, andai na luz do vosso fogo e nas centelhas que haveis ligando. Isto vos poderá ter da minha mão, deitar-vos-eis na tristeza.

"Ouvi-me, vós que seguirdes a justiça, vós que buscais o Senhor: olhai para a rocha de onde fostes lavrados, e para o buraco da cova de onde fostes cavados. Olha a Abraão, teu pai, e a Sara que nua tu, porque eu o chamarei sozinho, quando não tive filhos, e o cresci, eis que consolei a Sião e enchi-me de bênçãos e consolações.

"Ouça-me, meu povo, e dê-me ouvidos, porque uma lei procederá de mim e farei meu julgamento descansar por uma luz dos gentios."

Amós 8. O profeta, tendo enumerado os pecados de Israel, disse que Deus havia jurado vingar-se deles.

Ele diz isto: "E acontecerá naquele dia, diz o Senhor, que eu farei com que o sol se ponha ao meio-dia, e eu escurecerei a terra no dia límpido; e transformarei suas festas em luto e todas as suas músicas em lamentação.

"Todos vocês terão dor e sofrimento, e eu farei esta nação lamentar como para um filho único, e o fim, portanto, como um dia amargo. Eis que os dias vêm, diz o Senhor, que enviarei uma fome na terra não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor, e eles vagarão de mar a mar, e de norte a leste, correrão para lá e para cá em busca da palavra. do Senhor, e não o acharão.

"Naquele dia as belas virgens e os mancebos desmaiarão de sede. Aqueles que seguirem os ídolos de Samaria, e jurados pelo deus de Dã, e seguirem a maneira de Berseba, cairão e nunca mais se levantarão."

Amós 3 e 2: "Só eu sei de todas as famílias da terra para o meu povo".

Daniel 12, 7. Tendo descrito toda a extensão do reinado do Messias, ele diz: "Todas estas coisas serão consumadas, quando a dispersão do povo de Israel for cumprida".

Ageu 2, 4: "Vós que, comparando esta segunda casa com a glória da primeira, desprezam-na, sê forte, diz o Senhor, sê forte, ó Zorobabel, e ó Jesus, o sumo sacerdote, sê forte, todo o povo Porque eu estou contigo, diz o Senhor dos exércitos, conforme a palavra que fiz contigo convosco por sair do Egito, assim o meu espírito permanece no meio de vós. Não temais, porque assim diz o Senhor dos exércitos: Ainda um pouco, e abalarei os céus e a terra, o mar e a terra seca "(um modo de falar para indicar uma grande e extraordinária mudança); "E farei tremer todas as nações, e o desejo de todos os gentios virá; e vou encher esta casa de glória", diz o Senhor.

"A prata é minha, e o ouro é meu, diz o Senhor" (isto é, não é por isso que desejo ser honrado; como é dito em outro lugar: Todas as bestas do campo são minhas, o que me beneficia que eles me são oferecidos em sacrifício?). A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos, e estabelecerei aqui a minha casa, diz o Senhor.

"Conforme tudo o que desejas em Horebe no dia da assembléia, dizendo: Não mais escutemos a voz do Senhor, nem mais vejamos este fogo, para que não morramos." [6] E o Senhor disse: A oração deles é justa, e os levantarei a um profeta dentre seus irmãos, como a ti, e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar. para que todo aquele que não der ouvidos às minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu o exija dele.

Gênesis 49: "Judá, tu és aquele a quem teus irmãos te louvarão, e vencerás os teus inimigos; os filhos de teu pai se prostrarão diante de ti. Judá é um leãozinho; da presa, meu filho, subiste e arte de leoa e de leoa que será levantada.

"O cetro não se apartará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregará o povo."

726. Durante a vida do Messias. - Ænigmatis. - Ezequiel. 17.

Seu precursor. Malaquias 3

Ele nascerá uma criança. Isaias 9.

Ele nascerá na aldeia de Belém. Miquéias v. Ele aparecerá principalmente em Jerusalém, e será um descendente da família de Judá e de Davi.

Ele é cegar os sábios e sábios, Isaias 6, 8, 29, etc; e pregar o Evangelho aos humildes, Isaías 29; para abrir os olhos dos cegos, dar saúde aos enfermos e trazer luz aos que definham nas trevas. Isaías 61.

Ele deve mostrar o caminho perfeito e ser o professor dos gentios. Isaías 55; 43, 1-7.

As profecias devem ser ininteligíveis para os ímpios, Dan. 12; Oséias 14, 10; mas eles devem ser inteligíveis para aqueles que estão bem informados.

As profecias, que O representam como pobres, representam-no como senhor das nações. Isaías 52, 14, etc .; 53; Zech. 9, 9.

As profecias, que predizem o tempo, predizem Ele apenas como senhor das nações e sofredor, e não como nas nuvens nem como juiz. E aqueles que O representam assim como juiz e em glória, não mencionam o tempo. Quando o Messias é falado como grande e glorioso, é como o juiz do mundo, e não o seu Redentor.

Ele é para ser a vítima dos pecados do mundo. Isaías 29, 53, etc.

Ele é para ser a preciosa pedra angular. Isaías 28, 16.

Ele deve ser uma pedra de tropeço e ofensa. Isaías. 8. Jerusalém deve se lançar contra esta pedra.

Os construtores devem rejeitar esta pedra. Ps. 117, 22.

Deus é fazer desta pedra a principal pedra angular.

E esta pedra é crescer em uma enorme montanha e encher toda a terra. Dan 2

Assim, Ele deve ser rejeitado, desprezado, traído (Sl 108,8), vendido (Zc 11, 12), cuspido, esbofeteado, escarnecido, afligido de inúmeras maneiras, dado fel para beber (Sl 68), furado (Zc 12), Seus pés e Suas mãos perfuradas, mortos e muitos lançados para Suas vestes.

Ele ressuscitará (Salmo 15) no terceiro dia (Oséias 6, 3).

Ele subirá ao céu para se sentar à direita. Ps. 110.

Os reis se armarão contra ele. Ps. 2

Estando à direita do Pai, Ele será vitorioso sobre seus inimigos.

Os reis da terra e todas as nações irão adorá-lo. Isaías 60.

Os judeus continuarão como nação. Jeremias

Eles vagarão sem reis, etc. (Oséias 3), sem profetas (Amós), procurando a salvação e não a encontrando (Isaías).

Chamado dos gentios por Jesus Cristo. Isaías 52, 15; 55, 5; 60, etc. Salmo 81.

Oseias 9: "Vós não sois meu povo, e eu não serei o vosso Deus, quando multiplicareis depois da dispersão. Nos lugares onde foi dito: Vós não sois meu povo, eu os chamarei meu povo."

727. Não era lícito sacrificar fora de Jerusalém, que era o lugar que o Senhor escolhera, nem mesmo comer os dízimos em outros lugares. Deut. 12, 5, etc .; Deut. 14, 23, etc .; 15, 20; 16, 2, 7, 11, 15.

Oséias predisse que eles deveriam estar sem um rei, sem um príncipe, sem um sacrifício e sem um ídolo; e esta profecia está agora cumprida, pois eles não podem fazer um sacrifício legal fora de Jerusalém.

728. Previsões - Foi predito que, no tempo do Messias, Ele deveria estabelecer uma nova aliança, que os faria esquecer a fuga do Egito (Jr 23, 5; Is 43, 10); que Ele não deve colocar Sua lei em exteriores, mas no coração; que Ele deveria colocar Seu medo, que tinha sido somente de fora, no meio do coração. Quem não vê a lei cristã em tudo isso?

729. ... Que então a idolatria seria derrubada; que esse Messias derrubaria todos os ídolos e traria homens para a adoração do verdadeiro Deus.

Que os templos dos ídolos seriam derrubados, e que entre todas as nações, e em todos os lugares da terra, Ele seria oferecido um sacrifício puro, não de bestas.

Que Ele seria o rei dos judeus e gentios. E nós vemos este rei dos judeus e gentios oprimidos por ambos, que conspiram Sua morte; e governador de ambos, destruindo a adoração de Moisés em Jerusalém, que era o seu centro, onde Ele fez a sua primeira Igreja; e também a adoração de ídolos em Roma, o centro dela, onde Ele fez Sua principal igreja.

730. Profecias - Que Jesus Cristo se assentará à direita, até que Deus subjugue Seus inimigos.

Portanto, Ele não os subjugará.

731. "... então eles não ensinarão mais cada homem seu vizinho, dizendo: Aqui está o Senhor, porque Deus se dará a conhecer a todos." [7]

"... seus filhos profetizarão." [8] "Vou colocar meu espírito e meu medo em seu coração."

Tudo isso é a mesma coisa. Profetizar é falar de Deus, não de provas externas, mas de um sentimento interior e imediato.

732. Que Ele ensinaria aos homens o caminho perfeito.

E nunca houve, antes dele nem depois dele, qualquer homem que tenha ensinado algo divino a se aproximar disso.

733. ... Que Jesus Cristo seria pequeno em Seu começo e então aumentaria. A pequena pedra de Daniel.

Se eu não tinha ouvido falar do Messias, no entanto, depois de tais maravilhosas previsões do curso do mundo que eu vejo cumpridas, vejo que Ele é divino. E se eu soubesse que esses mesmos livros predisseram um Messias, eu deveria ter certeza de que Ele viria; e vendo que eles colocam seu tempo antes da destruição do segundo templo, eu diria que Ele tinha vindo.

734. Profecias - Que os judeus rejeitariam Jesus Cristo, e seriam rejeitados por Deus, por esta razão, que a videira escolhida produziu apenas uvas silvestres. Que o povo escolhido seria infrutífero, ingrato e incrédulo, populum non credentem et contradicentem. [9] Que Deus os feriria com cegueira e, ao meio-dia, eles tateariam como cegos; e que um precursor iria diante dele.

735. Transfixerunt. Zech. 12, 10.

Que um libertador viesse, que esmagasse a cabeça do demônio e libertasse Seu povo de seus pecados, ex omnibus iniquitatibus; que deveria haver uma Nova Aliança, que seria eterna; que deveria haver outro sacerdócio segundo a ordem de Melquisedeque, e deveria ser eterno; que o Cristo deve ser glorioso, poderoso, forte, e no entanto tão pobre que não seria reconhecido, nem tomado pelo que Ele é, mas rejeitado e morto; que o Seu povo que O negou não deve mais ser o Seu povo; que os idólatras devem recebê-lo e refugiar-se nele; que Ele deveria deixar Sião para reinar no centro da idolatria; que, no entanto, os judeus devem continuar para sempre; que ele deveria ser de Judá, e quando não deveria haver mais um rei.

~

Blaise PascalPensée Parte 11

Notas:
[1] - Grande Pan está morto. - Plutarco, De Defeito. Orac., 17.
[2] - Susceperunt verbum, etc. - Atos 17, 11.
[3] - O governante retirado da coxa. - Gênesis 49, 10.
[4] - Faça seu coração engordar. - Isaías 6, 10; João 12, 40.
[5] - Non habemus regem nisi Cæsaremm. - João 19, 15.
[6] - Em Horeb, etc. - Deut. 18, 16-19.
[7] - Então eles devem ensinar, etc. - Jeremias 31, 34.
[8] - Seus filhos profetizarão. - Joel 2, 28.
[9] - Populum, etc. - Isaías 65, 2; Romanos 10, 21.


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: