Devocional #7

 


Leitura diária:


Palavra:

Julga-me, Senhor, segundo a minha justiça e segundo a integridade que há em mim. Salmo 7: 8.

Acusações específicas estavam sendo feitas contra Davi, das quais ele sabia ser absolutamente inocente. Ele não teria ousado desafiar a Deus assim, se toda a sua vida estivesse passando em revista. Nesse caso, não teria havido hesitação em confessar que, em geral, ele era um homem pecador. Da mesma forma, os filhos de Deus são frequentemente acusados ​​de injustiças das quais são absolutamente inocentes. Nesse caso, eles têm o direito de declarar sua inocência perante seus companheiros; então, se isso não servir para obter sua absolvição, eles devem se voltar para Deus e pedir-Lhe que se interponha.

Mas que pergunta isso sugere! Você é capaz, filho de Deus, de declarar que, na medida em que você tem a luz, você está vivendo em retidão, sobriedade, piedade, neste mundo presente? A sua vida é correta - isto é, quadrada com as exigências da lei de Deus, capaz de suportar o teste de sua linha e despencar? Você pode afirmar sua integridade? Integridade é derivada do inteiro latino, um todo, um número não dividido por frações. Você é sincero? ou, para usar a grande e velha palavra, seu coração é perfeito diante de Deus. Se for, pouco importa o que os homens dirão de seu caráter. Se um homem sofre como cristão, não se envergonhe, mas glorifique a Deus por isso. O que é dito é dirigido mais ao Mestre do que ao servo. Deus se torna responsável por sua defesa. Ele vai se levantar e se mostrar forte, fazendo calar o inimigo e vingador. Confie sua reputação a Deus e, enquanto isso, continue fazendo a vontade dele. Não há mal nenhum em atestar sua inocência com calma e moderação; mas se isso não ajudar a impedir a tempestade, dobre-se diante dela. Não apele para a lei. Deus irá vindicar você.

F. B. Meyer

Oração:

Deus Todo-Poderoso, que nos deste graça neste tempo para fazermos nossas súplicas comuns a Ti; e prometa que quando dois ou três estiverem reunidos em Teu nome Tu concederás seus pedidos: cumpre agora, ó Senhor, os desejos e petições de Teus servos, como pode ser mais conveniente para eles, concedendo-nos neste mundo conhecimento de Tua verdade, e no mundo vindouro, vida eterna. Amém.

João Crisóstomo – Século IV.

~
Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: