Epístola de Mathetes para Diogneto - I

Ocasião da epístola.

Visto que eu te vejo, excelentíssimo Diogneto, extremamente desejoso de aprender o modo de adorar a Deus prevalente entre os cristãos, e perguntando muito cuidadosa e seriamente a respeito deles, em que Deus eles confiam e que forma de religião eles observam [1], de modo que desprezam o próprio mundo e desprezam a morte, enquanto eles não consideram os deuses que são considerados como tal pelos gregos, nem se apegam à superstição dos judeus; e qual é o afeto que eles nutrem entre si; e por que, enfim, esse novo tipo ou prática [de piedade] só agora entrou no mundo [2], e não há muito tempo; saúdo cordialmente este teu desejo e imploro a Deus, que nos permite falar e ouvir, conceda-me, por assim dizer, que, acima de tudo, possa ouvir que foste edificado [3], e a ti assim ouvir, para que eu, que falo, não tenha motivo para lamentar o ter feito.

~


Mathetes

Pais Ante-Nicenos I - Os Padres Apostólicos


Notas:

[1] Literalmente, “confiando no que Deus, etc., eles olham para baixo”. 

[2] Ou “vida”. 

[3] Alguns leem, "para que você, ouvindo, seja edificado".


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: