História em arte e fotos - 287

15 de março de 44 a.C.: Gaius Júlio César, ditador de Roma, é esfaqueado até a morte na casa do Senado romano por 60 conspiradores liderados por Marco Júnio Bruto e Caio Cássio Longino nos idos de março. Os conspiradores acreditavam que sua morte levaria à restauração da República Romana. No entanto, o resultado dos "Idos de março" foi mergulhar Roma em uma nova rodada de guerras civis, das quais Otaviano, sobrinho-neto de César, emergiria como Augusto, o primeiro imperador romano, destruindo a república para sempre.

Disponível em History in Art and Photos.

Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: