Epístola de Mathetes para Diogneto - VIII

O estado miserável dos homens antes da vinda da Palavra.

Pois, quem dentre os homens entendeu antes de Sua vinda o que Deus é? Você aceita as doutrinas vãs e tolas daqueles que são considerados filósofos confiáveis? Dos quais alguns diziam que o fogo era Deus, chamando aquele Deus ao qual eles próprios estavam por vir; e um pouco de água; e outros, alguns outros dos elementos formados por Deus. Mas se qualquer uma dessas teorias for digna de aprovação, cada uma das demais coisas criadas também pode ser declarada Deus. Mas tais declarações são simplesmente declarações surpreendentes e errôneas de enganadores [1]; e nenhum homem O viu, ou O deu a conhecer [2], mas Ele Se revelou. E Ele se manifestou por meio da fé, única à qual é dado contemplar a Deus. Pois Deus, o Senhor e Formador de todas as coisas, que fez todas as coisas, e lhes atribuiu suas várias posições, provou ser não apenas um amigo da humanidade, mas também longânimo [em Seu trato com eles]. Sim, Ele sempre teve esse caráter, e ainda é, e sempre será, gentil e bom, e livre de ira e verdadeiro, e o único que é [absolutamente] bom [3]; e Ele formou em Sua mente uma grande e indescritível concepção, que comunicou somente a Seu Filho. Enquanto, então, Ele manteve e preservou Seu próprio conselho sábio na ocultação [4], Ele pareceu nos negligenciar e não se importar conosco. Mas depois de ter revelado e exposto, por meio de Seu Filho amado, as coisas que haviam sido preparadas desde o início, Ele conferiu todas as bênçãos [5] de uma só vez sobre nós, de modo que devemos compartilhar de Seus benefícios, ver e ser ativo [6] [em Seu serviço]. Quem de nós jamais esperaria essas coisas? Ele estava ciente, então, de todas as coisas em Sua própria mente, junto com Seu Filho, de acordo com a relação [7] existente entre eles.

~


Mathetes

Pais Ante-Nicenos I - Os Pais Apostólicos


Notas:

[1] Literalmente, “essas coisas são as maravilhas e o erro”. 

[2] Ou “conhecia-o”. 

[3] Comparar com Mateus 19. 17. 

[4] Literalmente, “em um mistério”. 

[5] Literalmente, “todas as coisas”. 

[6] O sentido aqui é muito obscuro. Seguimos o texto de Otto, que preenche a lacuna do manuscrito como acima. Outros têm, “para ver e manejá-Lo”. 

[7] Literalmente, “economicamente”.


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: