ad

A Primeira Epístola de Clemente aos Coríntios - XX

A paz e harmonia do universo.

Os céus, girando sob Seu governo, estão sujeitos a Ele em paz. Dia e noite seguem o curso designado por Ele, de forma alguma atrapalhando um ao outro. O sol e a lua, com as companhias das estrelas, rolam em harmonia de acordo com Seu comando, dentro de seus limites prescritos e sem qualquer desvio. A terra frutífera, de acordo com Sua vontade, produz alimento em abundância, nas épocas adequadas, para o homem e os animais e todos os seres viventes sobre ela, nunca hesitando, nem mudando nenhuma das ordenanças que Ele fixou. Os lugares insondáveis ​​dos abismos e os arranjos indescritíveis do mundo inferior são restringidos pelas mesmas leis. O vasto mar incomensurável, reunido por Seu trabalho em várias bacias [1], nunca ultrapassa os limites colocados em torno dele, mas faz como Ele ordenou. Pois Ele disse: “Até agora virás, e as tuas ondas se quebrarão dentro de ti” (Jó 38. 11). O oceano, intransponível para o homem, e os mundos além dele, são regulados pelas mesmas atuações do Senhor. As estações da primavera, verão, outono e inverno, pacificamente dão lugar umas às outras. Os ventos em seus vários trimestres [2] cumprem, no devido tempo, seu serviço sem impedimentos. As fontes sempre fluentes, formadas para gozo e saúde, fornecem sem falta seus seios para a vida dos homens. O menor dos seres vivos se reúne em paz e harmonia. O grande Criador e Senhor de tudo isso designou para existirem em paz e harmonia; enquanto Ele faz o bem a todos, mas mais abundantemente a nós, que fugimos em busca de refúgio em Suas misericórdias por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor, a quem seja glória e majestade para todo o sempre. Amém.

~


Clemente de Roma

Pais Ante-Nicenos I - Os Pais Apostólicos


Notas:

[1] Ou “coleções”. 

[2] Ou “estações”.


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: