ad

Ajuda diária - 31 de maio

A ORAÇÃO não deve ser nosso trabalho casual, mas nosso trabalho diário, nosso hábito e vocação. Assim como os artistas se entregam aos seus modelos e os poetas às suas atividades clássicas, devemos nos aderir à oração. Devemos estar imersos na oração como em nosso elemento, e assim orar sem cessar. Senhor, ensina-nos a orar para que possamos prevalecer na súplica.

A falha comum com a maioria de nós é nossa prontidão para ceder às distrações. Nossos pensamentos vão de um lado para outro, e fazemos pouco progresso em direção ao nosso objetivo desejado. Como o mercúrio, nossa mente não se mantém unida, mas rola para um lado e para outro. Quão grande é esse mal! Isso nos fere e, o que é pior, insulta nosso Deus.


Charles H. Spurgeon

Daily Help, 1892.


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: