ad

Carta de Barnabé - XIX

O caminho da luz.

O caminho da luz, então, é o seguinte. Se alguém deseja viajar para o local designado, deve ser zeloso em suas obras. O conhecimento, portanto, que nos é dado com o propósito de caminhar desta maneira, é o seguinte. Ame Aquele que lhe criou [1]: glorifique Aquele que lhe redimiu da morte. Seja simples de coração e rico de espírito. Não se junte àqueles que andam no caminho da morte. Odeie fazer o que não agrada a Deus; odeie toda a hipocrisia. Não abandone os mandamentos do Senhor. Não se exalte, mas seja humilde [2]. Não tome glória para si mesmo. Não tome maus conselhos contra o seu próximo. Não permita que o excesso de ousadia entre em sua alma [3]. Não cometa fornicação; não cometa adultério; não seja corruptor da juventude. Não permita que a palavra de Deus saia dos seus lábios com qualquer tipo de impureza [4]. Não aceite pessoas quando reprovar alguém pela sua transgressão. Seja manso; seja pacífico. Você deve tremer com as palavras que ouvir [5]. Não se preocupe com o mal contra seu irmão. Não tenha dúvidas [6] sobre se uma coisa será ou não. Não tome o nome do Senhor [7] em vão. Ame o seu próximo mais do que a sua alma [8]. Não mate a criança procurando o aborto; nem, novamente, você deve destruí-la depois que ela nascer. Não retire a mão de seu filho ou de sua filha, mas desde a infância lhes ensine o temor do Senhor [9]. Não cobice o que é do seu próximo, nem seja avarento. Não seja unido em alma aos soberbos, mas seja contado com os justos e humildes. Receba como coisas boas as provações [10] que vêm sobre você [11]. Não seja duvidoso, nem dúbio [12], porque a língua dupla é laço de morte. Esteja sujeito [13] ao Senhor, e a (outros) senhores como a imagem de Deus, com modéstia e temor. Não dê ordens com amargura a sua serva ou a seu servo, pois confiam no mesmo (Deus [14]), para que não deixem de [15] reverenciar aquele Deus que está acima de ambos; pois Ele veio para chamar os homens, não segundo sua aparência [16], mas de acordo com o que o Espírito os havia preparado [17]. Em todas as coisas deve transmitir ao seu próximo; não chame [18] as coisas de suas; pois, se são participantes em comum das coisas que são incorruptíveis [19], quanto mais (deveriam ser) daquelas coisas que são corruptíveis! [20] Não se precipite com a língua, porque a boca é laço de morte. Tanto quanto possível, seja puro de alma. Não esteja pronto para estender as mãos para receber, enquanto você as contrai para doar. Ame, como a menina dos seus olhos, todo aquele que lhe fala a palavra do Senhor. Você deve se lembrar do dia do julgamento, noite e dia. Você deve procurar todos os dias os rostos dos santos [21], seja por palavra, examinando-os, e indo exortá-los, e meditando como salvar uma alma pela palavra [22], ou por suas mãos trabalhar pela redenção de seus pecados. Não hesite em dar, nem murmure quando der. “Dê a todo aquele que lhe pedir” [23], e saberá quem é o bom Recompensador da recompensa. Preserve o que recebeu (a cargo), nem acrescentando nem tirando dele. Até o fim, odeie o maligno [24] [25]. Você deve julgar com retidão. Não faça um cisma, mas pacifique aqueles que contendem, aproximando-os. Você deve confessar seus pecados. Não deve ir orar com má consciência. Este é o caminho da luz [26].

~

Barnabé

Pais Ante-Nicenos I - Os Pais Apostólicos


Notas:

[1] Cod. Sin. insere: “Você temerá Aquele que lhe formou”.

[2] Cod. Sin. acrescenta, “em todas as coisas”.

[3] Literalmente, “não dê insolência à sua alma”.

[4] “Isto é, enquanto proclama o Evangelho, não tenha de forma alguma uma moral corrupta”. Hefele.

[5] Isaías 65. 2. Todas as cláusulas anteriores são dadas em Cod. Sin. em linhas distintas.

[6] Comparar com Tiago 1. 8.

[7] Cod. Sin. tem “seu nome”, mas isso é corrigido como acima.

[8] Cod. Sin. corrige, “como a sua própria alma”.

[9] Cod. Sin. tem, “de Deus”.

[10] “Dificuldades” ou “problemas”.

[11] Cod. Sin. acrescenta, “sabendo que sem Deus nada acontece”.

[12] Cod. Sin. tem, “falante” e omite a cláusula a seguir.

[13] Cod. Sin. tem, “Você será sujeito (ὑποταγήσῃ— intocado pelo corretor) aos mestres como um tipo de Deus”. 

[14] Inserido no Cod. Sin.

[15] Cod. Sin. tem, “eles não devessem”.

[16] Comparar com Efésios 6. 9.

[17] Comparar com Romanos 8. 29, 30.

[18] Cod. Sin. tem, “e não ligue”.

[19] Cod. Sin. tem, “naquilo que é incorruptível”.

[20] Cod. Sin. tem, “nas coisas que estão sujeitas à morte”, mas é corrigido como acima.

[21] Ou “as pessoas dos santos”. Cod. Sin. omite esta cláusula, mas é adicionada pelo corretor.

[22] O texto aqui é confundido em todas as edições; nós seguimos o de Dressel. Cod. Sin. está com defeito. O texto de Hilgenfeld diz: "Tu deves procurar todos os dias os rostos dos santos, seja trabalhando por palavra e indo para exortá-los, e meditando para salvar uma alma pela palavra, ou por tuas mãos tu deverás trabalhar pela redenção de teus pecados” - quase idêntico ao dado acima.

[23] Cod. Sin. omite esta citação de Mateus 5. 42 ou Lucas 6. 30, mas é adicionada por um corretor.

[24] Cod. Sin. tem, “odeie o mal”.

[25] Cod. Sin. insere “e”.

[26] Cod. Sin. omite esta cláusula: é inserido por um corretor. 


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: