ad

Carta de Barnabé - XVII

Conclusão da primeira parte da epístola.

Tanto quanto foi possível e pôde ser feito com perspicuidade, nutro a esperança de que, de acordo com meu desejo, não omiti nenhuma [1] dessas coisas no momento (exigindo consideração), que dizem respeito à sua salvação. Pois se eu os escrevesse sobre coisas futuras [2], não compreenderiam, porque tal conhecimento está oculto em parábolas. Essas coisas então são assim.

~

Barnabé

Pais Ante-Nicenos I - Os Pais Apostólicos


Notas:

[1] Cod. Sin. lê-se, “minha alma espera que não tenha omitido nada”.

[2] Cod. Sin., “Sobre as coisas presentes ou futuras”. O texto de Hilgenfeld desta passagem é o seguinte: "Minha mente e minha alma esperam que, de acordo com meu desejo, eu não tenha omitido nenhuma das coisas que pertencem à salvação. Pois se eu deveria escrever para vocês sobre coisas presentes ou futuras”, etc. Hefele dá o texto como acima, e entende o significado de ser, “pontos relacionados ao argumento presente”.


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: