IPhone, da Apple, evoluiu naturalmente ao longo de bilhões de anos, dizem especialistas



MUNDO - Agora, este é o consenso: cientistas de todo o mundo confirmaram que o iPhone da Apple não foi projetado, mas evoluiu naturalmente ao longo de bilhões de anos.

As origens do complexo aparelho têm sido objeto de debate científico há muitos anos, mas o anúncio de terça-feira coloca em dúvida que os primeiros ancestrais do iPhone geraram espontaneamente em um pântano cerca de 4,6 bilhões de anos atrás.

"A teoria atual é que um pequeno dispositivo de pager de uma única célula foi formado a partir de partes eletrônicas flutuando no oceano", disse Rashad Shami, da Universidade de Harvard, a repórteres. “O pager então descobriu como se reproduzir, e a seleção natural cuidou do resto.”

Os cientistas também confirmaram que qualquer um que acredite que algum mítico chamado "Steve Jobs" possa ter participado da criação do iPhone, é "iludido".

"Embora o iPhone possa ter a aparência de design e, sim, um logotipo da Apple na parte de trás, asseguramos, esses são acidentes felizes e não o resultado de designers inteligentes que criaram o dispositivo", disse Shami. “A resposta óbvia para a origem do smartphone altamente complexo é que ele se criou ex nihilo (nada que surge do nada)”.

Fonte: The Babylon Bee

Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: