Cartas de São Cipriano: Para a permanência dos presbíteros e diáconos

Em Roma, 250 d.C.

Argumento: Esta é uma carta familiar e amigável; assim, não exige argumento formal, especialmente resumido pelo próprio título. A carta do Clero Romano da qual Cipriano está respondendo está faltando.

1. Cipriano para os presbíteros e diáconos, irmãos permanecendo em Roma, envia, saudação. Quando o relato da partida do excelente homem, meu colega, ainda era incerto entre nós, meus amados irmãos, e eu hesitava duvidosamente em minha opinião sobre o assunto, recebi uma carta que me foi enviada por Crementius, o sub- diácono, no qual fui mais abundantemente informado do seu glorioso fim; e me alegrei muito que, em harmonia com a integridade de sua administração, uma honrosa consumação também o acompanhasse. Além do mais, eu lhe parabenizo muito que honre a memória dele com um testemunho tão público e tão ilustre, para que por seus meios me seja dado conhecer não apenas o que é glorioso para você em conexão com a memória de seu bispo, mas o que deve me dar também um exemplo de fé e virtude. Pois, na medida em que a queda de um bispo é um evento que tende ruinosamente à queda de seus seguidores, por outro lado, é uma coisa útil e útil quando um bispo, pela firmeza de sua fé, se expõe ao seu destino. irmãos como um objeto de imitação.

2. Eu li, além disso, outra epístola, na qual nem a pessoa que escreveu nem as pessoas a quem foi escrita foram claramente declaradas; e na medida em que, na mesma carta, tanto a escrita quanto o assunto, e até mesmo o artigo em si, me davam a ideia de que algo havia sido tirado do original, eu te mandei de volta a epístola, para entregar, que você pode examinar se é exatamente o mesmo que você deu a Crementius, o subdiácono, para carregar. Pois é uma coisa muito séria se a verdade de uma carta clerical é corrompida por qualquer falsidade ou engano. Então, para que possamos saber disso, verificar se a escrita e a assinatura são suas e me escrever novamente qual é a verdade da questão. Eu ofereço a vocês, queridos irmãos, que se despeçam de todo coração.

~

São Cipriano

Disponível em Sermon Index (inglês).

Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: