Devocional #2


Leitura diária:


Palavra:

Hoje eu te gerei. Salmo 2: 7.

O Espírito Santo nos diz que isso foi dirigido pelo Pai ao Filho em sua Ressurreição (ver Atos 13:33). Foi do túmulo que nosso Senhor subiu ao seu trono mediador, de onde todo o ódio de seus inimigos não teve poder para desalojá-Lo, e nunca terá. A morte é um nascimento para a verdadeira vida. Jesus foi o Primogênito dos mortos; nós também devemos nascer das trevas da sepultura para a Vida Imortal.

"Há um além, e aquele que uma vez teve um vislumbre dele é como um homem que olhou para o sol. Para onde quer que ele olhe, ele vê em todos os lugares a imagem do sol. Fale com ele sobre coisas finitas, e ele lhe dirá que o finito é impossível e sem sentido sem o infinito. Fale com ele sobre a morte, e ele a chamará de nascimento; fale com ele do tempo, e ele a chamará de mera sombra da eternidade".

Mas não é maravilhoso que Ele nos gerou também para uma esperança viva pela Ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo dos mortos para uma herança incorruptível? Somos os filhos da ressurreição. Em Jesus, já estamos no terreno da ressurreição. Nosso sol não se porá mais, nem nossa lua se retirará. Para nós, pelo menos, Deus destruiu "o véu que se estende sobre todas as nações".

Não se admire, então, com o ódio dos homens. Eles se enfurecerão e imaginarão coisas vãs; eles se aconselharão juntos. Não pode ser diferente.

Você pode esperar, então, ser machucado por seus irmãos e odiado pelo mundo. Mas em tais ocasiões Cristo virá a ti e te dará novos acessos de sua vida de ressurreição, levando-te para a casa escondida de sua permanência, e confirmando os joelhos fracos e o coração que desfalece.

F. B. Meyer

Oração:

Senhor nosso Deus, à sombra das tuas asas, esperemos. Tu nos apoiarás, quando pequenos, e até aos cabelos grisalhos. Quando nossa força é de Ti, é força; mas, quando nossa, é fraqueza. Retornamos a Ti, ó Senhor, para que, por causa do cansaço, nossas almas se elevem em direção a Ti, apoiando-se nas coisas que criaste e passando para ti mesmo, que as criou maravilhosamente; pois contigo tenho descanso e força verdadeira. Amém. 

Agostinho – Século IV.

~
Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: