ad

A Primeira Epístola de Clemente aos Coríntios - III

Capítulo III - O triste estado da igreja de Corinto após o cisma surgiu nela por inveja e rivalidade.

Todo tipo de honra e felicidade [1] foi concedida a vocês, e então foi cumprido o que está escrito: “O meu amado comeu e bebeu, e se inchou, engordou e chutou” (Deuteronômio 32. 15). Daí fluíam rivalidade e inveja, contenda e sedição, perseguição e desordem, guerra e cativeiro. Assim, os inúteis se levantaram contra os honrados, os sem reputação contra os renomados, os tolos contra os sábios, os jovens contra os idosos. Por esta razão, a justiça e a paz estão agora longe de vocês, visto que cada um abandona o temor de Deus e se torna cego em Sua fé [2], nem segue as ordenanças de Sua designação, nem faz parte do tornar-se cristão [3], mas anda atrás de suas próprias concupiscências perversas, retomando a prática de uma inveja injusta e ímpia, pela qual a própria morte entrou no mundo (Sabedoria 2. 24).

~


Clemente de Roma

Pais Ante-Nicenos I - Os Pais Apostólicos


Notas:

[1] Literalmente, “ampliação”.

[2] Parece necessário referir αὐτοῦ a Deus, em oposição à tradução dada pelo Arcebispo Wake e outros.

[3] Literalmente, "Cristo"; comparar 2 Coríntios 1. 21, Efésios 4. 20.


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: