ad

Carta de Policarpo aos Filipenses - VI

Os deveres dos presbíteros e outros.

E que os presbíteros sejam compassivos e misericordiosos para com todos, trazendo de volta os que vagam, visitando todos os enfermos, e não negligenciando a viúva, o órfão ou o pobre, mas sempre “provendo o que é conveniente aos olhos de Deus e homem” [1]; abstendo-se de toda ira, que tenha respeito pelas pessoas e não faça julgamento injusto; mantendo-se longe de toda cobiça, não creditando rapidamente [uma má denúncia] contra ninguém, sem severidade no julgamento, sabendo que todos nós temos uma dívida de pecado. Se, então, clamarmos ao Senhor que nos perdoe, também devemos perdoar a nós mesmos [2]; pois estamos diante dos olhos de nosso Senhor e Deus, e “todos devemos comparecer ao tribunal de Cristo, e cada um deve dar conta de si mesmo” [3]. Vamos, então, servi-Lo com temor e com toda a reverência, assim como Ele mesmo nos ordenou, e como os apóstolos que pregaram o Evangelho para nós, e os profetas que anunciaram de antemão a vinda do Senhor [também nos ensinaram]. Sejamos zelosos na busca do que é bom, guardando-nos de causas de ofensa, de falsos irmãos e daqueles que na hipocrisia levam o nome do Senhor e levam os homens vaidosos ao erro.

~

Philip Schaff

Pais Ante-Nicenos I - Os Pais Apostólicos


Notas:

[1] Romanos 12. 17; 2 Coríntios 8. 31. 

[2] Mateus 6. 12-14. 

[3] Romanos 14. 10–12; 2 Coríntios 5. 10.


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: