ad

A Primeira Epístola de Clemente aos Coríntios - XXVIII

Deus vê todas as coisas: portanto, evitemos a transgressão.

Desde então, todas as coisas são vistas e ouvidas [por Deus], vamos temê-lo e abandonar as obras más que procedem dos desejos maus [1]; para que, por meio de Sua misericórdia, possamos ser protegidos dos julgamentos que virão. Para onde qualquer um de nós pode fugir de Sua mão poderosa? Ou que mundo receberá qualquer um daqueles que fogem d'Ele? Pois a Escritura diz em certo lugar: “Para onde irei, e onde me esconderei da Tua presença? Se eu subir ao céu, tu estás lá; se eu for até os confins da terra, aí está a tua destra; se eu arrumo a minha cama no abismo, aí está o Teu Espírito” (Salmo 139. 7–10). Para onde, então, alguém irá, ou para onde escapará d'Aquele que tudo compreende?

~


Clemente de Roma

Pais Ante-Nicenos I - Os Padres Apostólicos


Notas:

[1] Literalmente, "concupiscências abomináveis de más ações".


Share on Google Plus

Sobre Paulo Matheus

Esposo da Daniele, pai da Sophia, engenheiro, gremista e cristão. Seja bem vindo ao blog, comente e contribua!

0 Comentário: