ad

1 Pedro 4

Cristo, o exemplo a ser seguido.

1Portanto, como Cristo sofreu por nós na carne, arme-se da mesma maneira com a mesma mente: pois quem sofreu na carne cessou do pecado; 2para que não viva o resto do seu tempo em carne para as concupiscências dos homens, mas para a vontade de Deus. 3Pois no tempo passado de nossa vida, basta que tenhamos operado a vontade dos gentios, quando andamos em lascívia, luxúria, excesso de vinho, repulsa, banquete e idolatria abominável: 4no qual eles acham estranho que não corram com eles para o mesmo excesso de tumulto, falando mal de vocês. 5Eles terão de prestar contas Àquele que estará pronto para julgar os vivos e os mortos. 6Porque por esta causa o evangelho foi pregado também aos mortos, para que fossem julgados segundo os homens em carne, mas vivam segundo Deus em espírito.

 

A revelação e a glória de Cristo está perto.

7Mas o fim de todas as coisas está próximo: portanto, fique atento e em oração. 8E, acima de tudo, tende fervorosa caridade entre vocês; porque a caridade cobrirá a multidão de pecados. 9Use hospitalidade um com o outro sem queixas. 10Como todo homem recebeu o dom, assim mesmo ministre esse dom um ao outro, como bons mordomos da multiforme graça de Deus. 11Se alguém fala, fale como as palavras de Deus; se alguém ministra, faça-o com a habilidade que Deus dá: para que Deus em todas as coisas seja glorificado por Jesus Cristo, a quem haja louvor e domínio para todo o sempre. Amém.

12Amados, não devem julgar estranho com relação à provação inflamada na qual vocês são afligidos, como se algo estranho lhes tivesse acontecido: 13alegrem-se, pois são participantes dos sofrimentos de Cristo; para que, quando a glória d'Ele for revelada, vocês se alegrem também com grande júbilo. 14Se forem insultados pelo nome de Cristo, felizes são; porque o espírito da glória e de Deus repousa sobre vocês; da parte deles, Ele é mencionado mal, e da sua parte Ele é glorificado. 15Mas nenhum de vocês sofra como assassino, ou como ladrão, ou como perverso, ou como quem se intromete nos assuntos de outros homens. 16Contudo, se alguém sofre como cristão, não se envergonhe; mas que glorifique a Deus a esse respeito.

17Pois é chegado o tempo em que o julgamento deve começar na casa de Deus: e se primeiro começa em nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus? E 

18“Se os justos, com percalços, são salvos, 

Onde os ímpios e os pecadores aparecerão?”.

19Portanto, aqueles que sofrem segundo a vontade de Deus, entreguem suas almas a Ele, fazendo o bem, como a um Criador fiel.