1 Timóteo 3

1. Este é um verdadeiro ditado: se um homem deseja o ofício de bispo, deseja uma boa obra.

2. O bispo deve então ser irrepreensível, marido de uma esposa, vigilante, sóbrio, de bom comportamento, dado à hospitalidade, apto a ensinar;

3. Não é dado ao vinho, nem violento, nem ganancioso de lucro sujo; mas paciente, não brigão, não cobiçoso;

4. Que governa bem sua própria casa, tendo seus filhos sujeitos com todo o respeito;

5. (Se um homem não sabe como governar sua própria casa, como deve cuidar da igreja de Deus?)

6. Não sendo um novato, para que, sendo tomado pelo orgulho, caia na condenação do diabo.

7. Além disso, ele deve ter um bom testemunho sobre os que estão fora; para que ele não caia na censura e na armadilha do diabo.

8. Da mesma forma, os diáconos devem ser respeitáveis, não de língua dúbia, nem bebam muito vinho, nem gananciosos de lucro sujo;

9. Que mantenham o mistério da fé em pura consciência.

10. E que estes também sejam provados primeiro; depois, deixe-os usar o ofício de diácono, sendo considerado incontestável.

11. Do mesmo modo, suas esposas devem ser respeitáveis, não caluniadoras, sóbrias, fiéis em todas as coisas.

12. Que os diáconos sejam maridos de uma só mulher, governando bem seus filhos e suas próprias casas.

13. Pois os que servem do ofício de diácono adquirem para si mesmos um bom julgamento, e grande ousadia na fé que está em Cristo Jesus.

14. Estas coisas escrevo para ti, esperando vir em breve:

15. Mas, caso eu demore muito, para que você saiba como deve se comportar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e a base da verdade.

16. E sem controvérsia, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou na carne, justificado no Espírito, visto pelos anjos, pregado aos gentios, cridos no mundo, recebido na glória.