ad

2 Coríntios 7

1. Tendo, portanto, essas promessas, amados, vamos nos purificar de toda contaminação da carne e do espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus.

2. Receba-nos; não prejudicamos ninguém, não corrompemos ninguém, não fraudamos ninguém.

3. Não digo isso para condenar vocês, porque já disse que permanecem em nossos corações para morrermos juntos e vivermos juntos.

4. Grande é a minha ousadia para falar com vocês, grande é a minha glória para com vocês: estou repleto de consolo, estou extremamente alegre em todas as nossas tribulações.

5. Porque, quando entramos na Macedônia, a nossa carne não teve descanso, mas fomos atribulados de todos os lados; por fora havia lutas, por dentro havia medos.

6. Não obstante, Deus, que consola os abatidos, nos consola com a vinda de Tito;

7. E não por sua vinda apenas, mas pela consolação com a qual ele foi consolado por vocês, quando ele nos contou seu desejo sincero, seu luto, sua mente fervorosa para comigo; de modo que eu me alegrei ainda mais.

8. Embora eu tenha feito vocês lamentarem com uma carta, eu não me arrependo, embora eu tenha me arrependido: porque eu percebo que a mesma epístola fez vocês lamentarem, embora tenha sido apenas por um tempo.

9. Agora me alegro, não porque ficaram tristes, mas para o arrependimento; porque foram lamentados segundo uma maneira piedosa, para que em nada receberam dano vindo de nós.

10. Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, do qual não há arrependimento: mas a tristeza do mundo opera a morte.

11. Pois observem exatamente isto, que vocês sofreram de maneira piedosa: Que diligência isso produziu em vocês, que clareza de vocês mesmos, que indignação, que temor, que desejo veemente, que zelo, que reivindicação! Em todas as coisas, vocês provaram ser claros neste assunto.

12. Portanto, embora eu tenha escrito a vocês, não o fiz por causa daquele que errou, nem por causa daquele que sofreu a injustiça, mas para que nosso cuidado por vocês aos olhos de Deus pudesse aparecer.

13. Portanto, fomos consolados em seu conforto: sim, e muito mais nos alegramos com a alegria de Tito, porque seu espírito foi revigorado por todos vocês.

14. Pois, se alguma coisa tenho me orgulhado de vocês para ele, não me envergonho; mas, assim como falamos a vocês todas as coisas em verdade, assim também o nosso elogio, que fiz diante de Tito, se tornou uma verdade.

15. E a afeição interior dele é mais abundante para com vocês, enquanto ele se lembra da obediência de todos vocês, como com temor e tremor vocês o receberam.

16. Alegro-me, pois, posso ter confiança em vocês em todas as coisas.