Colossenses 2

1. Pois eu gostaria que soubessem do grande conflito que tenho por vocês e por quem está em Laodiceia, e por tantos que não viram meu rosto em carne;

2. Para que seus corações sejam consolados, unidos em amor e a todas as riquezas da plena certeza do entendimento, para o reconhecimento do mistério de Deus, do Pai e de Cristo;

3. Em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento.

4. E digo isto, para que ninguém vos engane com palavras atraentes.

5. Embora eu esteja ausente na carne, ainda estou com vocês em espírito, alegrando e contemplando sua ordem e a firmeza de sua fé em Cristo.

6. Assim como recebestes a Cristo Jesus, o Senhor, andai nele:

7. Enraizados e edificados nele, e firmados na fé, como vos ensinaram, abundando nela com ações de graça.

8. Cuidado para que ninguém o estrague através da filosofia e do engano inútil, segundo a tradição dos homens, tal como os rudimentos do mundo, e não conforme Cristo.

9. Pois nele habita toda a plenitude corporal da divindade.

10. E vós sois completos nele, que é a cabeça de todo principado e poder:

11. Em quem também és circuncidado com a circuncisão feita sem mãos, ao despojar o corpo dos pecados da carne pela circuncisão de Cristo:

12. Enterrado com ele no batismo, no qual também ressuscitamos com ele pela fé na operação de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.

13. E vocês, mortos em seus pecados e na incircuncisão de sua carne, vivificou-os juntamente a ele, tendo perdoado todas as suas transgressões;

14. Apagando a escrita das ordenanças que eram contra nós, que eram contrárias a nós, e a tiraram do caminho, pregando-a na cruz;

15. E, tendo despojado principados e poderes, ele os expôs abertamente, triunfando sobre eles.

16. Ninguém vos julgue, portanto, em carne, bebida ou em relação a um feriado, ou à lua nova, ou aos dias de sábado.

17. As quais são as sombras do que está por vir; mas o corpo é de Cristo.

18. Ninguém vos engane sob pretexto de humildade voluntária e adoração de anjos, se intrometendo naquelas coisas que não se viu, em vão inchados por sua mente carnal,

19. E não retendo a cabeça, da qual todo o corpo, através das juntas e ligamentos, é unido e nutrido, assim, aumentando com o crescimento de Deus.

20. Portanto, se você está morto com Cristo pelos rudimentos do mundo, por que, como se vivesse no mundo, se sujeita as ordenanças,

21. (Não toque; não prove; não manuseie;

22. As quais todos devem perecer com o uso;) conforme os mandamentos e doutrinas dos homens?

23. Tais coisas têm, de fato, uma demonstração de sabedoria na adoração, humildade e descuido do corpo: não há nenhuma honra nessas coisas, a não ser à satisfação da carne.