ad

Eclesiastes 8

Obedeça as autoridades.

1Quem é o sábio?

E quem sabe a interpretação das coisas?

A sabedoria de um homem faz seu rosto brilhar,

E a dureza de seu rosto mudou.


2Eu lhe aconselho: “Guarde a ordem do rei, e isso no que diz respeito ao juramento feito a Deus. 3Não tenha pressa em sair de sua presença; não persista no mal, porque ele faz tudo o que lhe agrada”.


4Porque a palavra do rei tem poder;

E quem lhe dirá: “O que você está fazendo?”.

5O que guarda o mandamento não conhecerá mal;

E o coração do homem sábio discerne o tempo e o julgamento:

6Pois para todo propósito existe um tempo e julgamento;

Pois a miséria do homem é grande sobre ele:

7Porque ele não sabe o que há de ser;

Pois quem pode dizer a ele como será?

8Não há homem que tenha poder para reter o próprio espírito;

Ele também não tem poder sobre o dia da morte;

E não há libertação nessa guerra:

Nem a maldade livrará aquele que é dado a ela.


9Tudo isso eu vi e apliquei meu coração a cada obra que é feita debaixo do sol: há um tempo em que um homem tem poder sobre outro para seu próprio mal.


A morte virá a todos.

10E então vi sepultados os ímpios, que haviam entrado e saído do lugar de santidade, e foram esquecidos na cidade onde o fizeram: isso também é vaidade. 11Visto que a sentença contra uma obra má não é executada rapidamente, portanto o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal. 12Embora um pecador pratique o mal cem vezes, e seus dias sejam prolongados, eu certamente sei que ocorrerá o bem para os que temem diante de Deus: 13mas o ímpio não ficará bem, nem ele prolongará os seus dias, que são como uma sombra; pois ele não teme diante de Deus.

14Existe uma vaidade que acontece na terra; há homens justos, aos quais acontece de acordo com a obra dos iníquos; e, novamente, há homens ímpios, aos quais acontece de acordo com a obra dos justos: eu digo que isso também é vaidade.

15Então elogiei a alegria, porque nada melhor do que um homem debaixo do sol tem do que comer, beber e divertir-se; porque isso permanecerá com ele no seu trabalho todos os dias da vida que Deus lhe deu sob o sol.

16Quando apliquei meu coração para conhecer a sabedoria e ver os assuntos que são feitos na terra (mesmo aqueles que não veem o sono com seus olhos de dia ou de noite): 17então eu vi toda a obra de Deus, que o homem não pode decifrar a obra que se faz debaixo do sol: porque por mais que o homem se esforce para buscá-la, ainda não a decifrará; sim, além disso, embora um homem sábio pense sabê-la, ainda assim ele não será capaz de decifrá-la.