Efésios 4

1. Portanto, eu, prisioneiro do Senhor, suplico que andem dignos da vocação com a qual são chamados,

2. Com toda humildade e mansidão, com longanimidade, perdoando-se mutuamente no amor;

3. Esforçar-se para manter a unidade do Espírito no vínculo da paz.

4. Existe um corpo e um Espírito, assim como sois chamados em uma esperança do vosso chamado;

5. Um Senhor, uma fé, um batismo,

6. Um Deus e Pai de todos, que está acima de tudo, e através de todos, e em todos vocês.

7. Mas a cada um de nós é dada graça de acordo com a medida do dom de Cristo.

8. Portanto, ele disse: Quando subiu ao alto, levou cativo o cativeiro e deu presentes aos homens.

9. (Agora que ele ascendeu, o que é isso, senão que ele também desceu primeiro às partes inferiores da terra?

10. Aquele que desceu é o mesmo que subiu muito acima de todos os céus, para que ele possa preencher todas as coisas.)

11. E ele deu alguns apóstolos; e alguns profetas; e alguns evangelistas; e alguns pastores e professores;

12. Para o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para a edificação do corpo de Cristo:

13. Até que todos cheguemos na unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus a um homem perfeito, à medida da estatura da plenitude de Cristo:

14. De agora em diante, não seremos mais crianças, lançadas de um lado para o outro, e levadas com todo vento de doutrina, pelo desdém dos homens e pela astúcia esperta, pela qual eles esperam para enganar;

15. Mas, falando a verdade em amor, pode crescer nele em todas as coisas, que é a cabeça, sim, Cristo:

16. De quem todo o corpo se uniu e compactou com o que toda articulação fornece, de acordo com o trabalho eficaz na medida de cada parte, promove o aumento do corpo para a edificação de si mesmo no amor.

17. Digo, pois, e testifico no Senhor que a partir de agora não andareis como outros gentios, na vaidade de sua mente,

18. Tendo o entendimento obscurecido, sendo alienado da vida de Deus pela ignorância que há neles, por causa da cegueira do coração:

19. Que os sentimentos passados ​​se entregaram à lascívia, para cometer toda a impureza com ganância.

20. Mas vós não aprendestes desta forma a Cristo;

21. Se é que o ouvistes e fomos ensinados por ele, como a verdade está em Jesus:

22. Que adiaste a conversa anterior com o velho homem, que é corrupto segundo as concupiscências enganadoras;

23. E seja renovado no espírito da sua mente;

24. E que vestis o novo homem, que depois de Deus é criado em justiça e verdadeira santidade.

25. Portanto, deixando de lado a mentira, fale a verdade cada um com o próximo: pois somos membros um do outro.

26. Estando em raiva, não peque; não se ponha o sol sobre a sua ira;

27. Nem dê lugar ao diabo.

28. Quem roubou não furte mais; antes, trabalhe, operando com as mãos o que é bom, para que se possa dar ao que precisa.

29. Não saia da sua boca palavra corrupta, senão a que é boa para o uso da edificação, para que ela ministre graça aos ouvintes.

30. E não fazei sofrer o Espírito Santo de Deus, pelo qual sois selados até o dia da redenção.

31. Toda amargura, e raiva, e ira, e blasfêmia, e maldade sejam afastadas de ti, bem como toda a maldade.

32. E sede bondosos uns com os outros, de coração terno, perdoando uns aos outros, assim como Deus por causa de Cristo os perdoou.