ad

Esdras 10

Secanias encoraja a reforma.

1Ora, tendo Esdras orado e confessado, chorando e se prostrando diante da casa de Deus, ajuntou-se a ele de Israel uma grande congregação de homens, mulheres e crianças; porque o povo chorou muito. 2E respondeu Secanias, filho de Jeiel, um dos filhos de Elão, e disse a Esdras: “Transgredimos contra o nosso Deus e tomamos mulheres estranhas do povo da terra; mas agora há esperança em Israel quanto a isso. 3Agora, pois, façamos um pacto com o nosso Deus de repudiar todas as mulheres e os que delas nasceram, conforme o conselho de meu senhor e dos que tremem diante do mandamento de nosso Deus; e que seja feito de acordo com a lei. 4Levante-se, porque este assunto lhe pertence; nós também estaremos contigo; tem bom ânimo e o faça”. 5Então se levantou Esdras e fez jurar aos principais sacerdotes, aos levitas e a todo o Israel que fariam conforme esta palavra. E eles juraram.


A confissão de pecado do povo.

6Então Esdras se levantou de diante da casa de Deus, e entrou no quarto de Joanã, filho de Eliasibe; e, chegando lá, não comeu pão nem bebeu água; porque pranteou por causa da transgressão dos que foram levados.

7E proclamaram por todo o Judá e Jerusalém a todos os filhos do cativeiro, para que se ajuntassem em Jerusalém; 8e aquele que não viesse dentro de três dias, conforme o conselho dos príncipes e anciãos, todos os seus bens seriam confiscados, e ele seria separado da congregação dos que foram levados.

9Então todos os homens de Judá e Benjamim se reuniram em Jerusalém dentro de três dias. Era o nono mês, no vigésimo dia do mês; e todo o povo estava sentado na rua da casa de Deus, tremendo por causa disso e por causa da grande chuva. 10E levantou-se Esdras, o sacerdote, e lhes disse: “Vocês transgrediram e tomaram mulheres estranhas, para aumentar a transgressão de Israel. 11Agora, pois, confessem ao Senhor Deus de seus pais, e façam a sua vontade; apartem-se do povo da terra e das mulheres estrangeiras”.

12Então toda a congregação respondeu e disse em alta voz: “Como disse, assim devemos fazer. 13Mas os povos são muitos, e é tempo de muita chuva, e não podemos ficar de fora, nem isso é um trabalho de um ou dois dias; porque somos muitos os que transgredimos nisto. 14Fiquem agora os nossos chefes de toda a congregação, e venham todos os que tomaram mulheres estrangeiras em nossas cidades nos tempos determinados, e com eles os anciãos de cada cidade, e seus juízes, até que o furor da ira de nosso Deus por causa desse assunto seja desviado de nós”. 15Somente Jônatas, filho de Asael, e Jazeías, filho de Tivca, estavam ocupados com este assunto: e Mesulão e Sabetai, o levita, os ajudaram.

16E os filhos do cativeiro assim fizeram. O sacerdote Esdras, com alguns chefes dos pais, segundo a casa de seus pais, e todos eles pelos seus nomes, se separaram, e sentaram-se no primeiro dia do décimo mês para examinar o assunto. 17E deram fim a todos os homens que haviam tomado esposas estranhas no primeiro dia do primeiro mês.


As mulheres estrangeiras são afastadas.

18E entre os filhos dos sacerdotes acharam-se que haviam tomado mulheres estranhas: a saber, dos filhos de Jesua, filho de Jozadaque, e seus irmãos; Maaseias, Eliézer, Jaribe e Gedalias. 19E deram as mãos para que repudiassem suas mulheres; e sendo culpados, ofereceram um carneiro do rebanho por sua transgressão.

20E dos filhos de Imer; Hanani e Zebadias. 21E dos filhos de Harim; Maaseias, Elias, Semaías, Jeiel e Uzias. 22E dos filhos de Pasur; Elioenai, Maaseias, Ismael, Natanael, Jozabade e Elasa.

23Também dos levitas; Jozabade, e Simei, e Quelaías, (também chamado Quelita), Petaías, Judá e Eliezer.

24Dos cantores também; Eliasibe: e dos porteiros; Salum, e Telém, e Uri.

25Além de Israel: dos filhos de Parós: Ramias, e Jezias, e Malquias, e Miamim, e Eleazar, e Malquias, e Benaia. 26E dos filhos de Elão; Matanias, Zacarias, Jeiel, Abdi, Jeremote e Elias. 27E dos filhos de Zatu; Elioenai, Eliasibe, Matanias, Jeremote, Zabade e Aziza. 28Dos filhos também de Bebai: Joanã, Hananias, Zabai e Atlai. 29E dos filhos de Bani: Mesulão, Maluque, Adaías, Jasube, Seal e Ramote. 30E dos filhos de Paatemoabe: Adna, e Quelal, Benaia, Maaseias, Matanias, Bezalel, Binui e Manassés. 31E dos filhos de Harim: Eliézer, Issias, Malquias, Semaías, Simeão, 32Benjamim, Maluque e Semarias. 33Dos filhos de Hasum: Matenai, Matatá, Zabade, Elifelete, Jeremai, Manassés e Simei. 34Dos filhos de Bani: Maadai, Anrão, Uel, 35Benaia, Bedias, Queluí, 36Vanias, Meremote, Eliasibe, 37Matanias, Matenai e Jaasai, 38Bani, Binui, Simei, 39Selemias, Natã, Adaías, 40Macnadebai, Sasai, Sarai, 41Azarel e Selemias, Semarias, 42Salum, Amarias e José. 43Dos filhos de Nebo; Jeiel, Matitias, Zabade, Zebina, Jadai, Joel e Benaia.

44Todos estes haviam tomado esposas estranhas; e alguns deles tinham esposas com as quais tiveram filhos.