ad

Esdras 6

O decreto de Dario.

1Então, o rei Dario fez um decreto, e foi feita uma busca na casa dos rolos, onde os tesouros estavam guardados na Babilônia. 2E foi achado em Acmetá, no palácio que está na província dos medos, um rolo, e nele estava um registro assim escrito:

3“No primeiro ano do rei Ciro, o mesmo Ciro, o rei, fez um decreto sobre a casa de Deus em Jerusalém: ‘Edifique-se a casa, o lugar onde se ofereciam os sacrifícios, e firmem-se os seus fundamentos; a sua altura sessenta côvados, e a sua largura sessenta côvados; 4com três fileiras de grandes pedras e uma fileira de madeira nova; e as despesas sejam dadas da casa do rei; 5e também os vasos de ouro e prata da casa de Deus, que Nabucodonosor tirou do templo que está em Jerusalém, e levados a Babilônia, sejam restaurados e trazidos de novo ao templo que está em Jerusalém, cada um ao seu lugar, e os coloquem na casa de Deus’.

6Agora, pois, Tatnai, governador além do rio, Setar-Bozenai, e seus companheiros, os afarsaquitas, que estão além do rio, fiquem longe dali; 7deixem a obra desta casa de Deus em paz; que o governador dos judeus e os anciãos dos judeus construam esta casa de Deus em seu lugar.

8Além disso, decreto o que devem fazer aos anciãos destes judeus para a edificação desta casa de Deus: ‘Que dos bens do rei, isto é, do tributo além do rio, sejam pagos imediatamente a estes homens, para que não sejam impedidos. 9E o que eles precisarem, tanto novilhos, como carneiros e cordeiros, para os holocaustos do Deus do céu, trigo, sal, vinho e azeite, conforme a designação dos sacerdotes que estão em Jerusalém, seja-lhes dado dia a dia sem falta: 10para que ofereçam sacrifícios de cheiro suave ao Deus do céu, e orem pela vida do rei e de seus filhos’.

11Também declaro que quem alterar este decreto, que seja arrancado de sua casa e erguido um madeiro, e nele seja enforcado; e que a sua casa se torne um monte de lixo por causa disso. 12E o Deus que fez habitar ali o Seu nome destruirá todos os reis e povos que lhes puserem à mão para alterar e destruir esta casa de Deus que está em Jerusalém. Eu Dario fiz um decreto; que seja feito com rapidez”.


O Templo é construído e dedicado.

13Então Tatnai, governador deste lado do rio, Setar-Bozenai, e seus companheiros, conforme o que o rei Dario havia enviado, eles procederam rapidamente. 14E os anciãos dos judeus edificaram, e prosperaram por meio da profecia de Ageu, o profeta, e de Zacarias, filho de Ido. E eles construíram e terminaram, conforme o mandamento do Deus de Israel, e conforme o mandamento de Ciro, e Dario, e Artaxerxes, rei da Pérsia. 15E esta casa foi terminada no terceiro dia do mês de Adar, que foi no sexto ano do reinado de Dario, o rei. 16E os filhos de Israel, os sacerdotes, e os levitas, e os demais filhos do cativeiro, celebraram com alegria a dedicação desta casa de Deus. 17E foi oferecido na dedicação desta casa de Deus cem novilhos, duzentos carneiros, quatrocentos cordeiros; e como oferta pelo pecado por todo o Israel, doze bodes, segundo o número das tribos de Israel. 18E puseram os sacerdotes nas suas turmas, e os levitas nas suas turmas, para o serviço de Deus, que está em Jerusalém; como está escrito no livro de Moisés.


A celebração da Páscoa.

19E os filhos do cativeiro celebraram a páscoa no décimo quarto dia do primeiro mês. 20Pois os sacerdotes e os levitas foram purificados juntamente, todos eles puros, e imolaram a páscoa por todos os filhos do cativeiro, e por seus irmãos, os sacerdotes, e por eles mesmos. 21E os filhos de Israel, que voltaram do cativeiro, e todos os que se separaram para eles da imundícia dos gentios da terra, para buscarem ao Senhor Deus de Israel, 22comeram e celebraram com alegria a festa dos pães ázimos por sete dias; porque o Senhor os havia alegrado, e lhes converteu o coração do rei da Assíria, para que lhes fortalecesse as mãos na obra da casa de Deus, o Deus de Israel.