Gênesis 7

1. E o SENHOR disse a Noé: Vem tu e toda a tua casa para a arca; pois em ti vi justiça diante de mim nesta geração.

2. De todo animal limpo levarás para ti sete em sete, o macho e sua fêmea; e dos animais que não são limpos dois em dois, o macho e sua fêmea;

3. Das aves também do ar, sete em sete, macho e fêmea; para manter viva a semente na face de toda a terra.

4. Ainda, em sete dias, farei chover sobre a terra quarenta dias e quarenta noites; e toda substância viva que eu criei destruirei da face da terra.

5. Noé fez conforme tudo o que o Senhor lhe ordenara.

6. E Noé tinha seiscentos anos quando o dilúvio de águas estava sobre a terra.

7. Noé entrou na arca com seus filhos, sua esposa e as mulheres de seus filhos, por causa das águas do dilúvio.

8. Dos animais limpos, e dos animais que não são limpos, e das aves, e de tudo o que rasteja sobre a terra,

9. Foram dois em dois com Noé na arca, o macho e a fêmea, como Deus havia ordenado a Noé.

10. Depois de sete dias, as águas do dilúvio caíram sobre a terra.

11. No sexagésimo ano da vida de Noé, no segundo mês, no décimo sétimo dia do mês, no mesmo dia foram quebradas todas as fontes do grande abismo, e as janelas do céu foram abertas.

12. E a chuva caiu sobre a terra quarenta dias e quarenta noites.

13. No mesmo dia entraram na arca Noé, Sem, Cam e Jafé, os filhos de Noé, a esposa de Noé e as três mulheres de seus filhos, na arca;

14. Eles, e todos os animais segundo a sua espécie, e todo o gado segundo a sua espécie, e toda coisa que rasteja sobre a terra segundo a sua espécie, e todas as aves conforme a sua espécie, todos os pássaros de todo tipo.

15. E eles entraram em Noé na arca, dois em dois de toda a carne, onde existia o sopro da vida.

16. E os que entraram, entraram macho e fêmea de toda a carne, como Deus lhe ordenara; e o Senhor fechou a entrada.

17. E o dilúvio foi de quarenta dias sobre a terra; e as águas aumentaram, e levantaram a arca, e ela se elevou acima da terra.

18. E as águas prevaleceram e cresceram grandemente sobre a terra; e a arca foi sobre a face das águas.

19. E as águas prevaleceram excessivamente sobre a terra; e todas as colinas altas que estavam debaixo de todo o céu estavam cobertas.

20. Quinze côvados para cima prevaleceram as águas; e as montanhas estavam cobertas.

21. E morreu toda a carne que se movia sobre a terra, tanto de aves como de gado, e de animais, e de toda coisa que rasteja sobre a terra, e todo homem.

22. Tudo em cujas narinas estava o sopro da vida, de tudo o que havia na terra seca, morreu.

23. E toda substância viva foi destruída sobre a face da terra, tanto homem como gado, e coisas rastejantes, e as aves do céu; e foram destruídos da terra; e apenas Noé permaneceu vivo, e os que estavam com ele na arca.

24. E as águas prevaleceram sobre a terra cento e cinquenta dias.