Gênesis 8

1. E Deus lembrou-se de Noé, de todos os seres vivos e de todo o gado que estava com ele na arca; e Deus fez passar um vento sobre a terra, e as águas amenizaram;

2. As fontes também das profundezas e as janelas do céu foram paradas, e a chuva do céu foi contida;

3. E as águas voltaram da terra continuamente; e após o fim dos cento e cinquenta dias as águas foram diminuídas.

4. E a arca descansou no sétimo mês, no décimo sétimo dia do mês, nas montanhas de Ararate.

5. E as águas diminuíam continuamente até o décimo mês: no décimo mês, no primeiro dia do mês, eram vistos os topos das montanhas.

6. Ao fim de quarenta dias, Noé abriu a janela da arca que havia feito:

7. E ele enviou um corvo, que ia de um lado para o outro, até que as águas secassem a terra.

8. Também ele enviou uma pomba dele, para ver se as águas haviam diminuído da face da terra;

9. Mas a pomba não encontrou descanso para a planta do pé, e ela voltou para ele na arca, pois as águas estavam na face de toda a terra; e ele estendeu a mão, pegou-a e a trouxe para ele na arca.

10. E ele ficou mais sete dias; e novamente ele enviou a pomba da arca;

11. E a pomba veio a ele na ocasião; e eis que em sua boca arrancava uma folha de oliveira; assim Noé sabia que as águas haviam diminuído da terra.

12. E ele ficou mais sete dias; e enviou a pomba; que não voltou mais a ele.

13. E aconteceu no sexagésimo primeiro ano, no primeiro mês, no primeiro dia do mês, que as águas secaram da terra; e Noé removeu a cobertura da arca e olhou; eis que a face do chão estava seca.

14. E no segundo mês, aos vinte e sete dias do mês, a terra estava seca.

15. E Deus falou a Noé, dizendo:

16. Sai da arca, tu e tua esposa, e teus filhos e as mulheres de teus filhos contigo.

17. Produz contigo todo ser vivo que existe contigo, de toda a carne, tanto de aves como de gado, e de toda coisa rasteira que rasteja sobre a terra; para que se reproduzam abundantemente na terra, sejam frutíferos e se multipliquem na terra.

18. E saiu Noé, e seus filhos, e sua esposa, e as mulheres de seus filhos com ele:

19. Todo animal, toda criatura rasteira, e toda ave, e tudo o que rasteja sobre a terra, segundo a sua espécie, saíram da arca.

20. Noé edificou um altar ao SENHOR; e tomou de todo animal limpo e de toda ave limpa, e ofereceu holocaustos no altar.

21. E o SENHOR sentiu um aroma agradável; e o SENHOR disse em seu coração: Não amaldiçoarei mais a terra por causa do homem; pois a imaginação do coração do homem é má desde a juventude; também não ferirei mais tudo o que vive, como fiz.

22. Enquanto a terra permanecer, a semeadura e a colheita, o frio e o calor, o verão e o inverno, e o dia e a noite não cessarão.