Hebreus 13

1. Que o amor fraterno permaneça.

2. Não se esqueça de receber a estranhos, pois, assim, alguns têm recebido anjos sem saber.

3. Lembre-se daqueles que estão presos, conforme se estivessem ligados a eles; e os que sofrem adversidades, como se também fosse em seu próprio corpo.

4. Que o casamento seja tido em honra entre todos, e que a cama seja imaculada: para os fornicadores e adúlteros, Deus os julgará.

5. Sede livres do amor ao dinheiro; contente com as coisas que tendes; porque ele mesmo disse: de modo algum te deixarei, nem de maneira alguma te desampararei.

6. Para que possamos dizer corajosamente: O Senhor é meu ajudador, e não temerei o que o homem fará comigo.

7. Lembre-se daqueles que tinham o domínio sobre você, que lhe falaram a palavra de Deus; e considerando a questão de sua vida, imite a sua fé.

8. Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

9. Não se deixe levar por diversas e estranhas doutrinas. Pois é bom que o coração se estabeleça com graça; não com carnes, que não traz benefício algum para os que delas se ocupam.

10. Temos um altar, do qual eles, que servem ao tabernáculo, não têm direito de comer.

11. Porque os corpos daqueles animais, cujo sangue é trazido para o santuário pelo sumo sacerdote por pecado, são queimados fora do campo.

12. Portanto, Jesus também, para santificar o povo com seu próprio sangue, sofreu fora dos portões.

13. Vamos, pois, a ele fora do campo, levando o seu opróbrio.

14. Pois aqui não temos cidade contínua, mas procuramos uma que virá.

15. Por ele, portanto, vamos oferecer o sacrifício de louvor a Deus continuamente, isto é, o fruto dos nossos lábios, dando graças ao seu nome.

16. Mas, de fazer o bem e comunicar, não se esqueça: pois com tais sacrifícios Deus se compraz.

17. Obedeça aos que têm domínio sobre você e submeta-se: pois eles vigiam as suas almas, como os que devem prestar contas, para que possam fazê-lo com alegria, e não com pesar; pois isso é inútil para vocês.

18. Orem por nós: pois confiamos que temos uma boa consciência, em todas as coisas dispostas a viver honestamente.

19. Mas eu suplico a vocês que façam isso, para que eu seja restituído a vocês o quanto antes.

20. Agora, o Deus da paz, que ressuscitou dos mortos nosso Senhor Jesus, o grande pastor das ovelhas, através do sangue da aliança eterna,

21. Torna-te perfeito em toda boa obra para fazer a vontade dele, trabalhando em ti aquilo que é agradável aos seus olhos, através de Jesus Cristo; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.

22. Peço-lhes, irmãos, que suportem a palavra de exortação, porque em poucas palavras vos escrevi uma carta.

23. Saibam que nosso irmão Timóteo foi posto em liberdade; com quem, se ele vier em breve, eu irei vê-los.

24. Saudai a todos os que têm domínio sobre ti e a todos os santos. Os da Itália os saúdam.

25. A graça esteja com todos vocês. Amém.