ad

Isaías 44

As bênçãos de Deus para Israel.

1Mas agora ouve, ó Jacó, Meu servo;

E Israel, a quem escolhi:

2Assim diz o Senhor que lhe fez

E lhe formou desde o ventre, que lhe ajudará;

‘Não tema, ó Jacó, Meu servo;

E você, Jesurum, a quem escolhi.

3Porque derramarei água sobre o sedento,

E rios sobre a terra seca;

Derramarei o Meu espírito sobre a sua semente,

E a Minha bênção sobre a sua descendência.

4E brotarão como entre a erva,

Como salgueiros junto aos cursos de água’.

5Alguém dirá: ‘Eu sou do Senhor’;

E outro se chamará pelo nome de Jacó;

E outro subscreverá com sua mão ao Senhor,

E se sobrenomeará pelo nome de Israel”.


Não há outro Deus; a idolatria é loucura.

6“Assim diz o Senhor, o rei de Israel,

E o seu Redentor, o Senhor dos exércitos;

‘Eu sou o Primeiro e sou o Último;

E além de Mim não há Deus.

7E quem, como Eu, chamará

E o declarará e o colocará em ordem para Mim,

Já que designei o povo antigo?

E as coisas que hão de vir, que devem de vir,

Anunciem-lhes.

8Não temam, nem tenham medo:

Desde então não falei e não anunciei a vocês?

Vocês são Minhas testemunhas.

Existe um Deus ao Meu lado?

Certamente, não há Deus;

Não conheço nenhum’”.


9“Os que fazem uma imagem de escultura são todos vaidade;

E seus deleites de nada servirão;

E eles são suas próprias testemunhas;

Eles não veem, nem sabem; para que se envergonhem.

10Quem formou um deus, ou fundiu uma imagem esculpida

Que não serve para nada?

11Eis que todos os seus companheiros ficarão envergonhados;

E os operários são apenas homens;

Contudo eles temerão,

E juntamente serão envergonhados.


12O ferreiro com a tenaz trabalha nas brasas,

E as modela com martelos,

E as trabalha com a força de seus braços;

Sim, ele está com fome, e suas forças se esgotam;

Não bebe água e desfalece.


13O carpinteiro estende sua régua;

Ele o marca com uma linha;

Ele o ajusta com planos,

E ele o marca com o compasso,

E o faz conforme a figura de um homem,

De acordo com a beleza de um homem, para que fique na casa.

14Ele derrubou cedros,

E tomou o cipreste e o carvalho,

Que ele fortaleceu para si entre as árvores do bosque;

Ele planta um freixo, e a chuva o nutre.


15E então será para um homem queimar;

Porque ele o tomará e se aquecerá;

Sim, ele a acende e assa pão;

Sim, ele faz um deus e o adora;

Ele faz uma imagem de escultura, e cai sobre ela.

16Ele queima parte dela no fogo;

Com parte dele come carne;

Ele assa e fica satisfeito;

Sim, ele se aquece e diz:

‘Ah, estou quente, eu vi o fogo’:

17E do resto dela faz um deus,

A sua imagem de escultura;

Prostra-se sobre ela,

E a adora, e ora a ela,

E diz: ‘Livra-me; pois tu és meu deus’.


18Eles não conheceram nem entenderam;

Porque Ele fechou os olhos deles, para que não vejam;

E seus corações, para que não possam entender.

19E ninguém considera em seu coração,

Nem há conhecimento nem entendimento para dizer:

‘Eu queimei parte dele no fogo;

Sim, também assei pão sobre as suas brasas;

Eu assei a carne e a comi;

E tornarei o resto dela uma abominação?

Devo me prostrar diante do tronco de uma árvore?’.

20Alimenta-se de cinza;

Um coração enganado o desviou,

De modo que não pode livrar a sua alma,

Nem dizer: ‘Não há mentira na minha mão direita?’.


A profecia de que Judá será restaurado.

21“Lembre-se disso, ó Jacó e Israel;

Porque você é Meu servo:

Eu lhe formei; você é Meu servo;

Ó Israel, você não será esquecido de Mim.

22Apaguei, como uma nuvem espessa, as suas transgressões

E, como uma nuvem, os seus pecados;

Volte para mim; porque eu lhe redimi.


23Cantem, ó céus; porque o Senhor o fez;

Exultem, vocês, as partes mais baixas da terra;

Exultem com júbilo, ó montes,

Ó bosque, e todas as árvores que nele há;

Porque o Senhor remiu a Jacó,

E Se glorificou em Israel.


24Assim diz o Senhor, seu redentor,

E que lhe formou desde o ventre:

“Eu sou o Senhor que faço todas as coisas;

Que sozinho estende os céus;

Que espalha a terra por Mim mesmo;

25Que frustra os sinais dos mentirosos

E enlouquece os adivinhos;

Que faz os sábios retrocederem,

E torna insensato o seu conhecimento;

26Que confirma a palavra de Seu servo

E executa o conselho de Seus mensageiros;

Que diz a Jerusalém: ‘Você será habitada’;

E para as cidades de Judá, ‘vocês serão edificadas’,

E levantarei os seus lugares decadentes:

27Que diz ao abismo: ‘Seque-se,

E secarei os seus rios’:

28Isso diz de Ciro: ‘Ele é o Meu pastor,

E fará toda a Minha vontade’

Dizendo a Jerusalém: ‘Você será edificada’;

E ao templo: ‘será lançado o seu fundamento’”.