ad

Jó 5

Exortação pela busca de Deus.

1Clame agora,

Se houver alguém que lhe responda;

E para qual dos santos você se voltará?

2Pois a ira mata o tolo,

E a inveja mata o bobo.

3Vi os insensatos criarem raízes,

Mas de repente amaldiçoei a sua habitação.

4Seus filhos estão longe da segurança

E são esmagados no portão,

E não há quem os liberte.

5Cuja colheita o faminto come,

E até dos espinhos a tira,

E o ladrão devora os seus bens.

6Ainda que a aflição não venha do pó,

Nem a angústia brote da terra;

7No entanto, o homem nasce para o problema,

Como as faíscas voam para cima.


8“Eu buscaria a Deus,

E a Deus eu entregaria minha causa:

9Que faz coisas grandes e insondáveis;

Coisas maravilhosas, incontáveis:

10Aquele que faz chover sobre a terra,

E envia águas sobre os campos.

11Coloca no alto os que estão em baixo;

Para que os que choram sejam exaltados em segurança.

12Ele decepciona os artifícios dos astutos,

De modo que suas mãos não podem realizar seu empreendimento.

13Ele toma os sábios em suas próprias astúcias,

E o conselho dos perversos é levado à frente.

14Encontram-se as trevas durante o dia,

E tateiam ao meio-dia como à noite.

15Mas ele salva os pobres da espada,

Da sua boca e da mão dos poderosos.

16Assim o pobre tem esperança,

E a iniquidade lhe tapa a boca”.


17“Eis que feliz é o homem a quem Deus corrige;

Portanto, não despreze a correção do Todo-Poderoso:

18Pois Ele fere e ata;

Ele fere, e suas mãos curam.

19Ele lhe livrará em seis angústias:

Sim, em sete nenhum mal lhe tocará.

20Na fome ele lhe remirá da morte,

E na guerra do poder da espada.

21Do flagelo da língua você estará escondido;

Nem terá medo da destruição quando ela vier.

22Da destruição e da fome você rirá; nem terá medo dos animais da terra.

23Pois você estará em aliança com as pedras do campo;

E os animais do campo estarão em paz contigo.

24E saberá que o seu tabernáculo estará em paz;

E visitará a sua habitação, e não pecará.

25Saberá também que a sua semente será grande,

E a sua descendência como a erva da terra.

26Chegará à sua sepultura em plena idade,

Como um grão de milho vem em sua estação.

27Veja isso, nós buscamos,

Assim é; ouça e saiba para o seu bem.