ad

Mateus 3

A missão de João Batista.

1Naqueles dias veio João Batista, pregando no deserto da Judeia 2e dizendo: “Arrependam-se, porque o reino dos céus está próximo”. 3Este é aquele de quem se falou por meio do profeta Isaías:

“A voz de alguém clamando no deserto,

‘Prepare o caminho para o Senhor,

Faça caminhos retos para Ele.'”

4João usava uma vestimenta de pelo de camelo, com um cinto de couro em volta da cintura. Sua comida era gafanhotos e mel silvestre. 5As pessoas iam a ele de Jerusalém e de toda a Judeia e de toda a região ao redor do Jordão. 6Confessando seus pecados, eles foram batizados por ele no rio Jordão.

7Mas quando João viu muitos dos fariseus e saduceus chegando ao seu local de batismo, disse-lhes: “Raça de víboras, quem os avisou para fugir da ira vindoura? 8Produzam frutos, então, de acordo com o arrependimento. 9E não ousem dizer a si mesmos: ‘Temos Abraão como nosso pai’. Pois eu os digo que, dessas pedras, Deus pode suscitar filhos para Abraão. 10O machado está pronto na raiz das árvores, e toda árvore que não der bons frutos será cortada e lançada no fogo.

11Eu os batizo com água para o arrependimento, mas depois de mim virá Alguém mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de carregar. Ele vai batizar você com o Espírito Santo e com fogo. 12Seu garfo de joeiramento está em Suas mãos para limpar Sua eira e juntar Seu trigo no celeiro; mas Ele queimará a palha com fogo inextinguível.


O batismo de Jesus.

13Naquela época, Jesus veio da Galileia ao Jordão para ser batizado por João. 14Mas João tentou impedi-Lo, dizendo: “Eu preciso ser batizado por Você, e Você vem a mim?”.

15“Que assim seja agora”, respondeu Jesus. “Convém-nos cumprir toda a justiça desta forma”. Então João O permitiu.

16Assim que Jesus foi batizado, Ele saiu da água. De repente, os céus se abriram e Ele viu o Espírito de Deus descendo como uma pomba e repousando sobre Ele. 17E uma voz do céu disse: “Este é o Meu Filho amado, em quem Me comprazo!”.