Salmo 1

1. Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, nem se põe no caminho dos pecadores, nem se assenta com zombadores.

2. Mas o seu prazer está na lei do SENHOR; e em sua lei ele medita dia e noite.

3. E será como uma árvore plantada junto aos rios de água, que produz o seu fruto na sua estação; a sua folha também não murchará; e tudo o que ele fizer prosperará.

4. Os ímpios não são assim: são como a palha que o vento afasta.

5. Portanto, os ímpios não permanecerão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.

6. Porque o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá.