Salmo 81

1. Cante em voz alta a Deus, nossa força: faça um barulho alegre ao Deus de Jacó.

2. Pegue um salmo e traga para cá o tamboril, a harpa agradável com o saltério.

3. Toque a trombeta na lua nova, no tempo determinado, em nosso solene dia de festa.

4. Pois este era um estatuto para Israel e uma lei do Deus de Jacó.

5. Ele ordenou isso em José para testemunhar, quando saiu pela terra do Egito: onde ouvi uma língua que não entendia.

6. Tirei seu ombro do fardo: suas mãos foram entregues dos potes.

7. Tu clamaste estando em aflições, e eu te livrei; Eu te respondi no lugar secreto do trovão; provei-te nas águas de Meribá. Selá.

8. Ouve, ó meu povo, e eu te testifico: ó Israel, se me ouvires;

9. Não haverá deus estranho em ti; nem adorarás a nenhum deus estranho.

10. Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito; abre bem a tua boca, e eu a encherei.

11. Mas meu povo não quis dar ouvidos à minha voz; e Israel não me quis.

12. Então eu os entreguei à luxúria de seus próprios corações; e eles andaram em seus próprios conselhos.

13. Oh, quem dera meu povo me ouvisse e Israel andasse nos meus caminhos!

14. Eu logo deveria ter subjugado seus inimigos, e virado minha mão contra seus adversários.

15. Os odiadores do Senhor deveriam ter se submetido a ele; mas o tempo deles deveria ter durado para sempre.

16. Ele também os teria alimentado com o melhor do trigo; e com o mel da rocha eu te satisfaria.