Salmo 84

1. Quão amáveis ​​são os teus tabernáculos, ó Senhor dos exércitos!

2. Minha alma deseja, sim, desfalece até os átrios do SENHOR; meu coração e minha carne clamam pelo Deus vivo.

3. Sim, o pardal encontrou uma casa, e a andorinha um ninho para si mesma, onde pode pôr seus jovens, até os teus altares, ó Senhor dos exércitos, meu rei e meu Deus.

4. Bem-aventurados os que habitam em tua casa; eles ainda estarão te louvando. Selá.

5. Bem-aventurado o homem cuja força está em ti; em cujo coração estão os caminhos deles.

6. Quem passa pelo vale de Baca faz dele um poço; a chuva também enche as poças.

7. Eles vão de força em força, cada um deles em Sião aparece diante de Deus.

8. Ó SENHOR, Deus dos exércitos, ouça a minha oração; ouça, ó Deus de Jacó. Selá.

9. Eis, ó Deus, nosso escudo, olha para a face do teu ungido.

10. Porque um dia nos teus pátios é melhor do que mil. Eu preferia ser um porteiro na casa do meu Deus do que habitar nas tendas da maldade.

11. Porque o SENHOR Deus é sol e escudo; o SENHOR dará graça e glória; nada de bom reterá aos que andam na retidão.

12. Ó Senhor dos exércitos, bendito seja o homem que confia em ti.