Tito 1

1. Paulo, servo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos eleitos de Deus e o reconhecimento da verdade que é segundo a piedade;

2. Na esperança da vida eterna, que Deus, que não pode mentir, prometeu antes que o mundo começasse;

3. Mas, no devido tempo, manifestou sua palavra através da pregação, que me foi confiada de acordo com o mandamento de Deus, nosso Salvador;

4. Para Tito, meu próprio filho, segundo a fé comum: graça, misericórdia e paz, de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador.

5. Por esta causa te deixei em Creta, para que colocasse em ordem as coisas que estão faltando, e ordene anciãos em todas as cidades, como eu te designei:

6. Se alguém é irrepreensível, marido de uma esposa apenas, tendo filhos fiéis, não acusados ​​de distúrbios ou indisciplinados.

7. Pois um bispo deve ser irrepreensível, como mordomo de Deus; não obstinado, que não se ire com facilidadeo, não dado ao vinho, nada violento, não dado ao lucro imundo;

8. Mas um amante da hospitalidade, um amante dos homens de bem, sóbrio, justo, santo, temperado;

9. Apegando-se à palavra fiel como lhe foi ensinada, para que ele possa, pela sã doutrina, exortar e convencer os que vencem.

10. Porque há muitos faladores e enganadores indisciplinados e vaidosos, especialmente os da circuncisão:

11. Cujas bocas devem ser paradas, que subvertem casas inteiras, ensinando coisas que não deveriam, por causa do imundo lucro.

12. Um deles, mesmo um profeta, disse: Os cretenses são sempre mentirosos, bestas más, barrigas preguiçosas.

13. Esta testemunha é verdadeira. Portanto, repreenda-os profundamente, para que sejam sãos na fé;

14. Não dar ouvidos às fábulas judaicas e aos mandamentos dos homens que se desviam da verdade.

15. Para os puros, todas as coisas são puras; mas para os que são contaminados e incrédulos nada é puro; mas até a mente e a consciência deles estão contaminadas.

16. Eles professam que conhecem a Deus; mas nas obras eles o negam, sendo abominável e desobediente, e reprovando toda boa obra.