Tito 3

1. Lembre-os de estarem sujeitos a principados e potestades, de obedecer magistrados, de estarem prontos para toda boa obra,

2. Falar mal de ninguém, não ser brigão, mas gentil, mostrando toda a mansidão a todos os homens.

3. Pois nós também éramos algumas vezes tolos, desobedientes, enganados, servindo a diversas concupiscências e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiando e detestando uns aos outros.

4. Mas depois disso apareceu a bondade e o amor de Deus, nosso Salvador para com o homem,

5. Não pelas obras de justiça que fizemos, mas de acordo com sua misericórdia, ele nos salvou, lavando a regeneração e renovando o Espírito Santo;

6. Que ele derramou sobre nós abundantemente através de Jesus Cristo, nosso Salvador;

7. Sendo justificados por sua graça, devemos ser feitos herdeiros de acordo com a esperança da vida eterna.

8. Este é um ditado fiel, e afirmo estas coisas constantemente, para que os que creram em Deus sejam cuidadosos em manter boas obras. Essas coisas são boas e proveitosas para os homens.

9. Mas evite perguntas tolas, genealogias, contendas e disputas sobre a lei; pois são inúteis e levam a vaidade.

10. Um homem que é um herege, que rejeita a primeira e segunda advertência, deixe-o;

11. Sabe-se que aquele que é assim é subvertido e peca, sendo condenado por si mesmo.

12. Quando eu te enviar Ártemas, ou Tíquico, diligente em me procurar em Nicópolis, pois ali eu decidi passar o inverno.

13. Traga Zenas, o advogado e Apolo, em sua jornada diligentemente, para que nada lhes falte.

14. E vamos aprender também a manter boas obras para os usos necessários, para que não sejam infrutíferas.

15. Todos os que estão comigo te saúdam. Saudai aos que nos amam na fé. A graça esteja com todos vocês. Amém.